SEDENTARISMO ENTRE CRIANÇAS

Gisele Aparecida Parizoto Ferreira

Resumo


A atividade física é uma questão importante de investigação, principalmente por possuir uma relação inversa com doenças degenerativas causadas pelos sedentários. A prática regular de atividades físicas sistematizadas contribui para a melhora de diversos componentes, como a força, resistência muscular, resistência cardiorrespiratória, flexibilidade e composição corporal. Estratégias efetivas de combate ao sedentarismo na adolescência são necessárias devido à sua alta prevalência e sua associação com a inatividade física na idade adulta. É perceptível a grande responsabilidade da Educação Física escolar ao oferecer aos alunos muitos dos determinantes pessoais, contribuindo assim com a aderência a um estilo de vida saudável que consequentemente, combate o sedentarismo. Este estudo objetiva diagnosticar o nível de atividade física e o sedentarismo em crianças e adolescentes em idade escolar. A pesquisa se caracteriza como qualitativa, e os resultados esperados se constituem em estabelecer a visão de que professor de Educação Física deve transformar o momento da aula em um momento prazeroso, que tenha um alto grau de apreciação pelo aluno, para que ele reflita sobre a Educação Física de maneira positiva em sua adolescência e fase adulta.

Palavras-chave


Criança; sedentarismo; atividade física



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC