UM PRINCÃPIO PARA A COMPETIÇÃO E COOPERAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÃSICA REGULAR

Ricardo Obrst Bernart, Ricardo Borguezan

Resumo


Esta pesquisa tem por tema, nas aulas de Educação Física regular, um principio para a competição e cooperação. Um dos problemas que estão presentes hoje nas escolas, chamou muito a atenção, levando a um questionamento: há realmente alguma interferência da sociedade com relação à resistência dos alunos ao trabalho em conjunto? E, quais os reais fatores que dificultam o processo de aprendizagem dos alunos com relação ao trabalho em conjunto? O objetivo principal desta pesquisa é compreender a concepção dos alunos e professores com relação ao jogo, a competição e a cooperação com vista à melhoria da prática docente nas aulas de Educação Física, e também, observar as dificuldades encontradas pelo professor na tarefa de ensinar os alunos a competir e cooperar. Verificar em que contexto o docente trabalha as suas aulas de educação física e para que fins. Acredita-se que há uma grande relação entre o comportamento do aluno fora da escola, com as respostas que eles nos dão nas aulas de Educação Física. Os jogos em que o sujeito tem que colaborar diretamente com seus colegas, nem sempre são bem aceitos. Isso é decorrente do contexto cultural em que o aluno está inserido.

Palavras-chave


Educação Física; aulas; cooperação; competição



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC