ANEMIA FALCIFORME

Maria Giovanna Manenti

Resumo


A anemia, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), é definida como uma condição anormal de baixo conteúdo de hemoglobina no sangue. Acerca dessa doença, a anemia falciforme se constitui um dos tipos mais severos que acometem a população. A doença falciforme ou anemia falciforme é uma hemoglobinopatia hereditária comum que ocorre primariamente em indivíduos de ascendência africana. As propriedades fisioquímicas anormais da resultante hemoglobina falciforme (HbS) são responsáveis pela doença. Realizou-se revisão bibliográfica em bases de dados eletrônicas como SciElo e PubMed selecionando artigos publicados entre 2012 e 2016. Também em livros nas áreas de clínica médica, pediatria e hematologia, a partir da experiência na Unidade Educacional Eletivo em Pediatria. As hemácias, ao sofrerem deformidades assumem uma forma de foice, causando uma deficiência no transporte de oxigênio e gás carbônico causando assim uma série de consequências ao portador da patologia. A Anemia Falciforme tem como prevalência média de 1 entre 380 nascidos vivos, nos afro-descendentes nas Américas. No quadro clinico da doença falciforme, tem-se a apresentação de uma anemia hemolítica moderadamente grave. Sua evolução é pontuada por 'crises', sendo que essas se apresentam como vaso-oclusivas o que leva a causar as crises dolorosas que é um dos principais achados clínicos. Os locais mais comumente envolvidos são órgãos como: ossos, pulmões, fígado, cérebro, baço e pênis. A única cura para a anemia falciforme é o transplante de medula óssea. Este tipo de tratamento, no entanto, foi realizado em um número relativamente grande de pacientes ao redor do mundo, com maior taxa de sucesso entre crianças. Ainda é necessário um número maior de estudos e a determinação de características clínicas que permitam indicar o transplante com maior segurança. Do ponto de vista clínico, o uso de hidroxiuréia, um quimioterápico inibidor da ribonucleotidase vem se revelando útil, por diminuir o número de episódios dolorosos e síndrome torácica aguda.

Palavras-chave


anemia; hemoglobinapatia; hemácias; doença falciforme.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC