COMUNICAÇÃO PARA A SEGURANÇA DO PACIENTE: UMA PRÁTICA VOLTADA PARA O CUIDADO EM ENFERMAGEM

Verônica Ribeiro, Fabiana Silva, JAQUELINE OMIZZOLO

Resumo


Trata-se de um projeto de extensão acerca da comunicação para a segurança do paciente, tema que recebe crescente atenção sendo muito debatido na última década por instituições de saúde e profissionais que buscam uma melhoria na qualidade do atendimento prestado, sem causar danos aos clientes. Nesse contexto, a comunicação é um fator que influencia na melhoria da qualidade da assistência prestada pela equipe de enfermagem, visto que, falhas na comunicação são um dos fatores que contribuem para a maioria dos casos de danos a pacientes. A equipe de enfermagem que tem uma boa comunicação entre si pode evitar danos aos pacientes e prestar um atendimento de excelência. O objetivo geral deste estudo é desenvolver uma metodologia de comunicação junto a uma equipe de enfermagem de um hospital geral da serra catarinense, visando contribuir para a melhoria da qualidade da comunicação e da assistência e segurança ao paciente. Trata-se de um projeto de extensão originado na disciplina de Projetos de Cuidado Integral em Enfermagem do 8º semestre do curso de Enfermagem. Está sendo desenvolvido num hospital público da serra catarinense, tendo como sujeitos 2 enfermeiras e 11 técnicos de enfermagem dos setores de internação clínica. As etapas metodológicas para desenvolvimento dessa proposta se constituem na realização de encontros com os sujeitos, divididos em duas grandes etapas: Etapa I, denominada “Problematizando sobre comunicação segura” e Etapa II, denominada “Implementando ações de comunicação segura”. Na etapa I as ações envolvem a sensibilização dos sujeitos frente ao conceito e aplicabilidade da comunicação segura nas ações da equipe de enfermagem; e, na etapa II, será implementado um instrumento para a aplicação diária de uma metodologia de comunicação entre a equipe de enfermagem. A proposta será avaliada de modo processual, partir da observação das autoras, por meio de registros em diário de campo durante todo o processo, bem como será aplicado um questionário aos sujeitos, para conhecer sua opinião sobre a utilização e efetividade do método. Ao final do projeto, será conferido aos sujeitos, certificado de participação de 16 horas. Considerando que o projeto de extensão está em processo de desenvolvimento, espera-se, a partir de sua implementação, evidenciar a importância da comunicação segura, propiciar maior segurança para os pacientes, estimular a equipe à sistematização da assistência, agilizar o trabalho em equipe, bem como, melhorar os processos de comunicação no serviço como um todo.

Palavras-chave


Comunicação; Segurança do Paciente; Cuidados de Enfermagem.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC