Revisão Bibliográfica: Carcinomas ovarianos e suas distintas apresentações clínicas

Cláudia Ana Modesti, Ricardo S. Penteado Junior

Resumo


O presente estudo exibe uma revisão bibliográfica sobre as diversas formas de apresentação clínica dos carcinomas ovarianos. Ressalta-se a relevância desse tema, sobretudo para as áreas de Ginecologia e Clínica Médica. O principal objetivo deste trabalho é realizar um apanhado geral acerca dos tumores ovarianos, descrevendo sobre suas principais etiologias, sintomatologia, diagnóstico e tratamento, com enfoque em suas diferentes apresentações clínicas. Além disso, através deste estudo, pretende-se alertar a população, especialmente à feminina, sobre o carcinoma ovariano, visto ser uma doença silenciosa que na maioria dos casos não manifesta sintomas clássicos, o que prolonga o tempo de espera até a busca por atendimento médico e dificulta o diagnóstico precoce, motivos esses que caracterizam o câncer de ovário como o de pior prognóstico entre todos os cânceres da esfera ginecológica. A metodologia utilizada na revisão bibliográfica foi pesquisa em livros clássicos de Ginecologia e Clínica Médica, além de artigos científicos atualizados relacionados ao tema, onde se utilizou como palavras-chave: Neoplasia Ovariana, Carcinoma in Situ, Ovário, Ginecologia, Medicina, constituindo a amostra de 12 fontes bibliográficas. A escolha deste tema originou-se ao longo do Regime de Internato do curso de Medicina ao acompanhar a enfermaria de Clínica Médica de um Hospital da Serra Catarinense, em que foi possível observar casos de carcinoma ovariano, com apresentações clínicas extremamente distintas entre si, o que motivou a realização de uma revisão bibliográfica sobre esse assunto. Por fim, conclui-se que o tumor ovariano é uma doença silenciosa, que não apresenta um exame de rastreio que permita sua identificação precoce. Dessa forma, ressalta-se a importância da realização de um acompanhamento médico anual, especialmente com um ginecologista, na tentativa de detectar precocemente possíveis massas pélvicas que venham a surgir, objetivando uma terapêutica eficaz, capaz de alterar satisfatoriamente o prognóstico dessa doença e evitar complicações que possam ser devastadoras para a vida da paciente.

Palavras-chave


Neoplasia Ovariana; Carcinoma in Situ; Ovário; Ginecologia; Medicina



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC