RENDIMENTO DE TIFTON 85 COM APLICAÇÃO DE DEJETO LÍQUIDO SUÍNOS EM DIFERENTES DECLIVIDADES DE TERRENO

GABRIEL ZULIAN, Patrícia Pretto Pessotto, Marizane Pietroski, Gabriel de Jesus Lourenço, Luciano Colpo Gatiboni

Resumo


A suinocultura é uma atividade que gera grande quantidade de resíduos e estes são utilizados como adubação orgânica para pastagens, aumentando a produção de massa seca. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de desejo líquido de suínos (DLS) sobre o rendimento de Tifton 85 em diferentes declividades de terreno, em solos de textura contrastantes. Foram conduzidos dois experimentos à campo no ano de 2016, sendo um em Rio do Sul/SC, em um solo arenoso (22,5% de argila), e outro em Campos Novos/SC, em um solo argiloso (64,3% de argila). Os experimentos foram conduzidos em delineamento com blocos casualizados, com três repetições, em parcelas de 4,25 m2. Os tratamentos consistiram na aplicação de quatro doses de DLS, sendo: 0 (testemunha), 43, 86 e 172 kg ha-1 ano-1 de P, divididas em quatro aplicações anuais, e três declividades, em cada local. No experimento I as declividades foram de 15, 25 e 35 % e no experimento II as declividades foram de 10, 20 e 30 %. Os experimentos foram cultivados com Tifton 85 (Cynodon sp.). As aplicações do DLS foram realizadas manualmente, na superfície do solo, com DLS proveniente de esterqueiras anaeróbicas. Na maior dose de DLS, as quatro aplicações resultaram em 364, 148, 80 e 34 kg ha-1 de N, K, Ca e Mg, respectivamente. O rendimento de matéria seca (MS) do Tifton foi avaliado em sete cortes no Exp. I e em seis cortes no Exp. II, com cortes realizados a uma altura de 10 cm do solo e retirada da forragem da parcela após cada corte. Os dados foram submetidos à análise de variância e quando detectados efeitos significativos, as declividades foram comparadas pelo Teste de médias de Tukey (P<0,05) e as doses por análise de regressão. O rendimento de MS aumentou com o incremento da dose de DLS, com efeitos significativos e ajuste quadrático no Exp. I e linear no Exp. II. Houve efeito significativo das doses de DLS na exportação total de N, K, P, Ca e Mg pela parte aérea da pastagem de Tifton 85, principalmente N e K. Também foi observado efeito significativo das diferentes declividades para ambos os experimentos. O aumento de rendimento acumulado de MS de forragem da testemunha para a maior dose foi de 9.185 kg ha-1 no Exp. I e de 4.409 kg ha-1 no Exp. II, alcançando um rendimento acumulado na maior dose de DLS de 15.814 e 12.305 kg ha-1 de MS, respectivamente. A aplicação de DLS incrementou o rendimento das plantas e a exportação de nutrientes pela pastagem de Tifton 85. O Exp. II apresentou menor incremento de rendimento de MS com aplicação de DLS porque está locado em uma região de clima mais frio onde a pastagem, que é de crescimento estival, tem menos dias de crescimento no ano.

Palavras-chave


matéria seca; produtividade; adubação organica



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC