ATUAÇÃO DOS ENFERMEIROS NA REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA (RUE) NO MUNICÍPIO DE LAGES-SC

Mariana Pereira Decker, Maria Luisa Hamann, Caroline Beatriz Schons

Resumo


O atual cenário das cidades tem ocasionado um aumento do número de casos de urgência e emergência surgindo a necessidade de reorganização de um atendimento rápido e especializado. Os serviços de urgência e emergência devem visar não apenas o atendimento imediato como também o suporte necessário de equipes qualificadas reduzindo o número de traumas, atuando na prevenção e reabilitação. As ações desenvolvidas pelas equipes visam sempre à assistência ao paciente da melhor forma possível tendo como prioridade processos de trabalho bem definidos e profissionais de saúde capacitados. Dentre as ações que garantem eficiência no trabalho da enfermagem está a sistematização da assistência de enfermagem (SAE) sendo esta importante, pois tal aplicação tem por objetivo auxiliar os enfermeiros no processo de acompanhamento dos pacientes. A SAE permite detectar as prioridades de cada paciente quanto as suas necessidades, fornecendo assim, uma direção para as possíveis intervenções na emergência, devendo o enfermeiro ser ágil e preciso na sua avaliação diante do contexto que se encontra o paciente. O objetivo geral deste estudo é ter uma visão mais ampla do trabalho dos enfermeiros na Rede de Urgência e Emergência(RUE) no município de Lages-SC, e como objetivos específicos: Conhecer o perfil dos profissionais de enfermagem que atuam na rede de urgência e emergência; Avaliar a aplicabilidade da SAE na rede de urgência e emergência e a sua relação com uma assistência eficiente e segura. Trata-se de um projeto na modalidade de extensão, onde serão acompanhados os enfermeiros da nos serviços de emergência que prestam atendimentos à adultos no município de Lages-SC, no período de setembro e outubro de 2017. As ações a serem realizadas a campo pelas autoras do estudo serão descritas a seguir subdivididas em duas etapas. Na primeira será a escolha do serviço de emergência que atenda adultos e que possua enfermeiros pelo período de 24 horas/dia. Será acordado, mediante a um termo de aceite da realização deste projeto de extensão pelo responsável do serviço. Cabendo ainda às autoras promover um momento de devolutiva verbal, e cópia do relatório final deste estudo à instituição. Na segunda etapa será realizado o acompanhamento dos enfermeiros na RUE que prestam atendimentos à adultos no município de Lages-SC, no período de setembro e outubro de 2017.As autoras irão deslocar-se até as unidades de atendimento, e irão preencher o roteiro de atividade a campo. Realizar um levantamento dos dados sobre os enfermeiros atuantes na emergência, onde será traçado um perfil, visando delinear um posterior estudo de pesquisa. Após as atividades realizadas, as autoras irão fazer um relatório com base nos formulários preenchidos a fim de compilar as informações, e ainda irão dissertar sobre as atividades realizadas diariamente a campo, de maneira que irão subsidiar dados para posteriores estudos de pesquisa e extensão.

Palavras-chave


Sistematização da assistência em enfermagem;Emergência;Enfermagem.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC