O USO DO SILÍCIO ORGÂNICO NO TRATAMENTO PARA ALOPECIA

Bianca Andrade Schmidt

Resumo


Devido ao grande número de pessoas com queda de cabelo e sabendo o quanto isso impacta na qualidade de vida das mesmas, é necessário um estudo mais aprofundado da ação dos ativos cosméticos para o tratamento desse distúrbio. Nos dias atuais as pessoas têm hábitos mais complexos que levam à má alimentação e estresse, entre fatores genéticos que condicionam ao desencadeamento da alopecia. Como isso implica em alterações na saúde e na estética, a busca por uma boa aparência torna-se cada vez mais desejada por pessoas que almejam ter uma boa apresentação social e alguns ativos cosméticos contribuem para isso. O objetivo desta pesquisa é evidenciar os mecanismos de ação do silício na alopecia. A presente pesquisa é de caráter de revisão bibliográfica onde se buscou, através de sites, artigos e livros com os descritores “silício”, “alopecia” e “nutricosmético” informações científicas que fundamentassem o objetivo. Os nutricosméticos são produtos orais que oferecem nutrientes que muitas vezes não são fornecidos pela alimentação, promovendo o que se define como beleza de dentro para fora. Os nutricosméticos são formulados com ativos que, além de nutrir o organismo, combatem os radicais livres. O Silício faz parte da estrutura do colágeno e elastina, proteoglicanas e glicoproteínas. Sua reposição é essencial para regeneração dos tecidos danificados, para se evitar a degradação da membrana celular, o aparecimento de rugas, o envelhecimento precoce, os processos lentos de cicatrização, bem como o desgaste ósseo, de cabelos e unhas desvitalizados, entre outros. Na alopecia, este ativo estimula a reposição de cabelos mais espessos e resistentes. A presença de silício no bulbo capilar possui ação anti-queda fortalecendo o fio de cabelo com ação anti-aging complementar.Pode-se concluir que o silício orgânico utilizado em sua forma oral resulta em uma manutenção e conservação da estrutura do folículo piloso, diminuindo sua queda, bem como promove ações secundárias de fortalecimento das unhas e redução evidente das linhas de expressão. É de fundamental importância a tecnóloga em cosmetologia e estética apropriar-se de conhecimentos específicos acerca dos tratamentos alternativos da alopecia, para melhor orientar os consumidores, melhorando suas qualidades de vida.

Palavras-chave


Alopecia; Silício orgânico; Nutricosmético



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC