Pneumonia Adquirida na Comunidade

Samara Souza dos Santos

Resumo


Pneumonia é geralmente classificada de acordo com a origem da infecção (adquirida na comunidade ou hospitalar). Mas também, pode ser classificada pelo estado imune do hospedeiro (pneumonia no indivíduo imunocomprometido). O objetivo do presente trabalho é oferecer uma atualização dos principais aspectos da pneumonia adquirida na comunidade (PAC), uma doença infecciosa do parênquima pulmonar, com grandes riscos para evoluir com complicações. A PAC acomete o paciente fora do hospital ou surge nas primeiras 48 horas de sua admissão. Pode ser causada por vírus ou bactéria, sendo o principal agente etiológico o Streptococcus pneumoniae. Cerca de 80% dos casos de PAC diagnosticados anualmente são tratados ambulatorialmente e em 20% desses casos, é necessário a internação. O correto diagnóstico e início imediato da antibioticoterapia são essenciais para o sucesso no tratamento, reduzindo os índices de mortalidade. A pneumonia adquirida na comunidade (PAC) acomete o paciente fora do hospital ou surge nas primeiras 48 horas de sua admissão. Não incluindo aqueles que foram hospitalizados por mais de 2 dias nos 90 dias anteriores; os que residem em asilos; os que receberam antibióticos endovenosos ou quimioterapia nos últimos 30 dias e os que estão em hemodiálise. Para qualificar os riscos das complicações, são utilizados o índice de gravidade da pneumonia (PSI) e os critérios do CURB-65 (confusão mental, ureia maior que 50 mg/dl, respiração maior que 30 irpm, pressão arterial PAS menor que 90 e/ou PAD menor que 60 mmHg, e idade maior que 65 anos). Ambos avaliam a necessidade ou não de internação. No PSI, o médico atribui pontos a 20 variáveis e com base no score resultante os pacientes são classificados em cinco grupos com diferentes taxas de mortalidade. No CURB-65 para cada critério dá-se 1 ponto, de 0-1 trata-se via ambulatorial, de 2-5 o paciente deve ser internado para tratamento. O PSI é menos prático para o setor de emergência.

Palavras-chave


Pneumonia; Streptococcus pneumonia; Pneumonia pneumocócica.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC