ESTUDO AVALIATIVO ENTRE O DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES MÓVEIS HÍBRIDAS E NATIVAS

Luana Rodrigues de Andrade

Resumo


Atualmente, é de senso comum que o uso de smartphones e aplicativos móveis vem crescendo frequentemente. Dia após dia, especulações sobre um novo aplicativo revolucionário vêm sendo comentadas. Com isso, o mercado de desenvolvimento de aplicações móveis aumentou, fazendo com que empresas que antes só desenvolviam softwares web/desktop, tivessem um novo horizonte a ser descoberto, e com isso a escolha de qual abordagem de desenvolvimento móvel adotar, torna-se desafiadora. Sabe-se, que a competitividade no mercado de desenvolvimento é crescente, e que diversas variáveis podem fazer de um aplicativo um sucesso ou um fracasso. Além de tempo de desenvolvimento, desempenho e custo, muitas outras questões devem ser levantadas quando se inicia o desenvolvimento. A dúvida entre as diferenças no desenvolvimento e produto de aplicações hibridas com HTML5 embarcado e nativas vem crescendo, além disso, as duas abordagens de desenvolvimento possuem vantagens e desvantagens aparentes, o que torna a escolha ainda mais desafiadora. Quando se trata de analisar o desenvolvimento nativo e híbrido, é necessário estudar a fundo as características de cada abordagem, para que o objetivo de atender o mercado de forma positiva, seja atendido. Sabe-se que o desenvolvimento de aplicações móveis pode tornar-se complexo e caro, quando não adotado o melhor método de desenvolvimento, e diante desse cenário, o referido trabalho tem como objetivo principal analisar as abordagens de desenvolvimento móveis híbrida com HTML 5 embarcado e nativa através do Android, para isso, está sendo desenvolvido dois protótipos, afim de fomentar o trabalho, conhecer suas vantagens e desvantagens, e avaliar algumas variáveis como tempo de desenvolvimento, custo, desempenho, facilidades e interface do produto. Ao fim dessa pesquisa, pretende-se auxiliar empresas de desenvolvimento de aplicações móveis, profissionais autônomos e a comunidade em geral, na escolha da melhor abordagem de desenvolvimento para a aplicação que se deseja desenvolver, além de contribuir para pesquisas futuras acerca do tema, tendo em vista que a tecnologia está em constante evolução.

Palavras-chave


Desenvolvimento; híbrido; nativo; móvel



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC