Reformulação da UX do jogo Ludo Primeiros passos para o Auxílio na Alfabetização de crianças com TEA.

Gabriela Mees de Souza

Resumo


O trabalho apresenta a proposta da reformulação da Experiência do Usuário (UX - User Experience) do Jogo Ludo Primeiros Passos para o Auxílio na Alfabetização de Crianças com Transtorno do Espectro do Autista (TEA). A UX é de suma importância em diversos projetos. Ela leva em consideração a experiência que o usuário vai ter ao utilizar um determinado produto ou software e a necessidade dos mesmos em terem produtos mais eficazes de forma simples e intuitiva. A UX sempre busca que os usuários tenham experiências agradáveis e que possam usufruir deste produto sem se sentirem frustrados. Levando isso em consideração, a partir da pouca quantidade de recursos e jogos para auxiliar na alfabetização de crianças com Transtorno de Espectro Autista (TEA), o presente projeto busca interligar essas duas áreas (UX e Alfabetização de crianças com TEA) para tornar a interação dessas crianças com a tecnologia ainda mais simples, divertida e intuitiva. O presente trabalho propõe a reformulação da UX do jogo Ludo Educativo Primeiros passos, um jogo bastante popular entre portais de educação, porém desenvolvido para crianças sem nenhuma limitação cognitiva e de comunicação. O jogo Ludo Primeiros Passos conta com o apoio da CNPq e FAPESP, com embasamento teórico sobre UX, trabalhando com personas, wireframes, jornada de usuário e arquitetura da informação. Possui embasamento também na pedagogia e em teorias sobre alfabetização. Como mecanismo inicial para reformulação do jogo, serão trabalhadas as vogais. Após o desenvolvimento da interface inicial do jogo, será aplicado um teste de usabilidade, e por questões de dificuldades de comunicação não será apenas mostrado a interface visual e sim será realizado uma implementação simples, através do HTML para linkar os botões a outras páginas. Desta forma, será gerado uma pequena interação para a realização dos testes de usabilidade. Fazendo um comparativo da interface antiga com a versão nova, espera-se validar o aumento na eficiência do método utilizado para o jogo, evidenciando a importância da aplicação de UX.

Palavras-chave


UX; Experiencia do Usuário; Autismo; Ludo Educativo; TEA; Transtorno de Espectro Autista; Jogo; UI; Interface



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC