A literatura infantil como processo educomunicativo

Luciana Nunes Garcia Ferreira, Vanice dos Santos, Jaime Farias Dresch

Resumo


Esta pesquisa se desenvolve junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Uniplac, linha de pesquisa Políticas e Processos Formativos. Seu objetivo é compreender de que forma a literatura pode constituir-se como ferramenta de educomunicação, vindo a contribuir nos processos de construção do conhecimento na infância, visto que o conceito de educomunicação aborda a educação como uma prática dialógica de ensino. Para isso é necessário situar a literatura infantil como uma importante ferramenta para a formação de leitores, compreendendo de que maneira a literatura está influenciando na aprendizagem das crianças na educação infantil e na formação da sua personalidade. Pressupõe-se que a literatura está perdendo espaço em meio às práticas educativas adotadas no cotidiano da Educação Infantil, o que demandaria a adoção de estratégias para recuperar a sua valorização junto aos professores. Desta forma, este estudo busca estreitar relações entre literatura e educomunicação em prol da formação moral e intelectual do indivíduo. A comunicação constitui-se como uma das características da vida do ser humano, e é por meio dela que o homem transmite experiências, constrói conhecimentos, buscando melhorar a si mesmo e a vida em sociedade. É importante destacar que a aprendizagem acontece simultaneamente à comunicação, o que permite considerar que comunicação e educação vêm, desde os primórdios da história humana, constituindo-se cooperativamente. Porém, o conceito de educomunicação surgiu mais recentemente, abordando o potencial educativo das diversas mídias e o potencial comunicativo da educação. Assim, a troca de conhecimento de forma interativa, dialógica, na qual tanto educador como educando absorvem e transmitem conhecimentos, construindo sentidos coletivamente, é a essência da educomunicação A partir disso, busca-se explanar, uma das expressões mais antigas do homem, a sua necessidade em educar e comunicar-se, especificamente, por meio da literatura infantil, e a sua influência na construção do conhecimento, na formação integral do sujeito. Esta pesquisa, de natureza qualitativa, utiliza como metodologia a revisão bibliográfica e a observação de um grupo de crianças, com idade entre três e cinco anos das turmas de maternal ao pré-escolar, durante a contação e construção de histórias, além da aplicação de questionários com professores de uma escola de educação infantil, da cidade de Lages SC.

Palavras-chave


Educação Infantil; Literatura infantil; Educomunicação.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC