O FUTEBOL NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO SOB A PERSPECTIVA NAS ABORDAGENS DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

João Gabriel Bressan, Everaldo Oliveira Moro, Robert Macedo Santa Ana, Mateus Kletke Arruda Antunes, Paulo Roberto Alves Falk

Resumo


eria o futebol um problema em nossa educação? Mesmo sendo um esporte popular e cultural do brasileiro podemos verificar lacunas deixadas principalmente quando falamos em educar pelo futebol. Atualmente, muitas escolas, sejam particulares ou públicas, utilizam-se do Futebol como ferramenta na Educação Física (EF). Não se sabe quais as metodologias aplicadas e os objetivos não são bem definidos. Popular, cultural e social, o futebol é um conteúdo muito presente nas aulas de Educação Física em nosso país, porém, o futebol abordado nestas aulas raramente ultrapassa os aspectos técnicos e o jogar livremente. Passa a ser visto como uma aula “livre”, o simples jogar por jogar, sem compromisso com a educação. Dentro desta problemática investigamos em qual abordagem os alunos desenvolvem de forma mais proveitosa conhecimentos gerais, educacionais e formativos pela pratica do futebol na escola. O objetivo geral da presente pesquisa é explorar o futebol nas aulas de Educação Física dentro das abordagens metodológicas. Os objetivos específicos foram definidos para analisar a sequência pedagógica utilizada na aplicação do futebol na escola; fundamentar o papel contextualizador de realidades na formação de alunos participativos, críticos e íntegros por meio do futebol escolar; resgatar a importância do trabalho com as abordagens metodológicas da Educação Física escolar para a construção motora e social dos alunos; expor os resultados da pesquisa para que possam servir de instrumento norteador na formação e prática dos profissionais da área. Definiu-se como participantes da pesquisa os alunos do ensino fundamental, anos finais, na escola estadual onde realizou-se a observação das aulas. A pesquisa caracterizou-se como de campo e exploratória e utilizou a escala hedônica como fonte de coleta. O recolhimento dos questionários, o relatório de observação e a tabulação dos dados foram organizados após a intervenção e aplicação das abordagens Construtivista, Desenvolvimentista, Crítico-Superadora e Crítico-Emancipatória, divididas em dezesseis aulas, sendo quatro aulas para cada abordagem. Com o apanhado de dados verificou-se a abordagem considerada a mais qualificada para o aprendizado e que oportunizou além da prática desportiva, questões cognitivas, motoras e sociais afetivas na opinião dos alunos.

Palavras-chave


Educação Física Escolar; Abordagens; Futebol.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC