Recortes Musicais no Cenário Catarinense

Aline Dallazem, Gustavo Floriani, RODRIGO CESAR STANCK, Henrique Mateus Oliveira Padilha

Resumo


Este relato se refere a intervenção de Estágio Curricular Obrigatório (ECO), do 7º semestre do Curso de Licenciatura em Música, da Universidade do Planalto Catarinense. Esta etapa ocorreu no primeiro semestre de 2017, E.E.B. Maria Quitéria, em Lages (SC), com os alunos do primeiro ano do ensino médio, sob o título “ Recortes Musicais no Cenário Catarinense”. O trabalho teve como objetivo oportunizar o conhecimento do cenário musical em Santa Catarina instigando os alunos à pesquisa e à produção musical. Especificamente, buscou-se promover a pesquisa sobre compositores, músicos e conjuntos musicais de Santa Catarina, instigar a criatividade, sensibilidade, cooperação e criticidade musical, e estimular o trabalho coletivo, por meio da prática musical. Foram utilizadas as seguintes estratégias metodológicas: aula expositiva e dialogada, trabalho em grupo, práticas musicais coletivas e pesquisa. As seis intervenções foram planejadas de forma a desenvolver os estudos sobre estilos musicais diferentes, presente no cenário musical catarinense, sendo eles: música Gaúcha, erudita, Rock e Pop. Para o início das intervenções realizamos uma breve introdução à música falando sobre suas principais partes (melodia, harmonia e ritmo), e após iniciamos os estudos com a música Gaúcha levando exemplos do estilo, cantores, grupos relevantes nesta área e alguns dos mais importantes do estado. Este mesmo procedimentos foi realizado com os demais estilos. Na segunda intervenção apresentamos uma música e compositor lageano, Jones Andrey Vieira, o qual participou de uma roda de conversa com os alunos da turma, relatando um pouco de sua história, suas composições e cenário musical em Lages. Nas últimas intervenções realizamos uma prática musical com os alunos, onde levamos instrumentos como conga, bumbo leguero, pandeiro e bongo. Ao final das intervenções, pudemos perceber que a análise e o estudo de artistas e compositores do nosso estado, trouxe uma ampla bagagem de conhecimento da produção musical de Santa Catarina. O ensino de música tem centralidade na construção do conhecimento, bem como no desenvolvimento expressividade, promovendo ainda a socialização e a capacidade imaginativa e criativa dos alunos. Entendemos que ddesenvolver estas características é capacitar o aluno para o mundo social e do trabalho, da mesma forma, a construção do conhecimento em música contribui para uma formação ampla e contextualizada, fatores indispensáveis para a formação de sujeitos autônomos e críticos. Ao perceber que a grande maioria desconhecia as obras e compositores apresentados, consideramos e avaliamos as intervenções como satisfatórias e relevantes no processo de ensino-aprendizagem musical dos estudantes.

Palavras-chave


Cenário Musical Catarinense; Ensino Musical; Pesquisa.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC