PROJETO HORTA NA ESCOLA ATRAVÉS DE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS DE PERMACULTURA: ESTUDO DE CASO NA ESCOLA BÁSICA NAYA SAMPAIO GONZAGA, CAÇADOR, SANTA CATARINA BRASIL

Roger Francisco Ferreira de Campos, Natalia dos Santos Bortolozzo, Carol Schutz Wendling, Carol Aparecida Matias

Resumo


A educação ambiental é um mecanismo importante para o desenvolvimento da sociedade, porém devido aos fatores culturais e sociais muitas questões ambientais são deixadas de lado, por falta de conhecimento, divulgação de informações e falta de interesse. Para resolver essa problemática ambiental é necessário um melhor entendimento e conhecimento sobre o âmbito da educação ambiental, obtendo o método de aplicação palestras, aulas práticas, desenvolvendo atividades praticas e outros para suprir essa necessidade.Portanto, o presente trabalho tem como objetivo desenvolver uma horta escolar com os princípios de permacultura, buscando complementar os meios de educação formal e informal da Escola Básica Naya Sampaio Gonzaga do município de Caçador, Santa Catarina – em 4 turmas da 5º Série do ensino fundamental. O projeto de horta na escola com prática de permacultura obteve com início o ano de 2017, sendo que para o desenvolvimento do mesmo foi empregado palestras de educação ambiental com objetivo de complementar o conhecimento dos alunos para o desenvolvimento de uma horta com o principio de permacultura. No decorrer do projeto foi observada uma carência de práticas ambientais conservacionistas na escola do estudo, visto que muitos alunos nunca saíram da sala de aula para uma aula pratica, não obtendo uma interação de exposição do meio ambiental. Após a aplicação das palestras de educação ambiental foi desenvolvido aulas em campo buscando a pratica da permacultura, sendo desenvolvidos tijolos ecológicos para o desenvolvimento de leiras da horta pelos alunos, plantio de mudas para o consumo na escola, onde pelo simples fato de manutenção da horta apresenta ao aluno o processo de cuidado e de interação da natureza, por meio de cavar, semear/plantar, cuidar e colher.O processo de utilização da permacultura na escola do estudo é um meio sustentável para mostrar as crianças, que, pode se desenvolver sem prejudicar o meio ambiente, essa questão está atribuída ao processo de utilização da água da chuva para regar a horta, como também utilizar a própria terra do terreno para o desenvolvimento dos canteiros e tijolo ecológico. Assim, através do projeto de extensão podemos concluir que a aplicação da educação ambiental com ênfase em questões sustentáveis em escolas é um meio eficaz no processo de conscientização, onde a interação dos alunos com as hortas escolares apresentam um meio de mostrar ao aluno a importância da preservação ambiental, aliada ao processo de permacultura é um método que proporciona a sustentabilidade, visto que essa ferramenta apresenta aos alunos um interação correta de prática e teoria, além de o aluno aprender a respeitar e preservar o meio ambiente, sendo que o projeto (Horta) é de responsabilidade de preservação dos alunos e comunidade.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Horta; Permacultura.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC