GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS RECICLAVEIS: UM ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE CAÇADOR, SANTA CATARINA, BRASIL.

Roger Francisco de Campos, Carol Schutz Wendling, Carol Aparecida Matias

Resumo


Os Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) em qualquer magnitude se não gerenciados de forma adequada desenvolvem uma interação negativa com o meio ambiente, devido a suas características físico-químicas, podendo contaminar grandes área conforme sua deposição. Para buscar sanear os problemas ambientais relacionados aos RSU foi desenvolvida a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, a qual estabeleceu as diretrizes para o processo de gestão e gerenciamento dos resíduos, onde a mesma emprega que todos os municípios devem apresentar o Plano Municipal Integrado de Gestão de Resíduos Sólidos - PMIGRS buscando o gerenciamento integrado dos resíduos sólidos em área rural e urbana. Diante do apresentado, o presente trabalho tem como objetivo analisar a geração de resíduos sólidos urbanos, com ênfase no desenvolvimento de um PMIGRS. Para efetuar o levantamento foi realizado o levantamento da geração de RSU passíveis de reciclagem destinado a uma cooperativa de reciclagem do município de Caçador/SC, sistema que aplica a coleta dos resíduos passiveis de reciclagem em todo o município, a analise de geração foi realizada através da caracterização gravimétrica dos RSU destinado a cooperativa, durante o período de 1 (um) mês (08/2017), conforme estabelece a NBR 10007/04, análise realizada por setores (Bairros). No estudo foi amostrado no estudo 447,108 kg/mês em área urbana e 335,929 Kg/mês em área rural, totalizando 783,037 kg/mês. Durante o mês amostrado a cooperativa recebeu 87.910 kg/mês e desse valor apenas 78.257,482 kg/mês é passível de reciclagem, apresentando a necessidade da implantação de um PGIRS. O estudo apresentou que 10,538%, papelão 22,869%, Tetra Pack 7,647%, Metal 3,048%, Alumínio 2,961%, Vidro 9,885%, Plástico Flexível 11,169%, Plástico Duro 13,150%, PET 6,862%, orgânico 2,942%, Isopor 0,499%, Eletrônico 0,643%, Lâmpadas 0,566%, Pilhas 0,420%, Rejeito 3,242% e Sanitário 3,559%. Assim, o presente estudo visa o fornecimento das informações de caracterização para o Plano Municipal Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos do Município de Caçador, visto que o mesmo não foi aplicado conforme estabelece a PNRS, como também fornece informações dos bairros que necessitam da aplicação de educação voltada para o processo de gestão de RSU e aprimoramento do processo de reciclagem.

Palavras-chave


Resíduos Sólidos Urbanos; Caracterização Gravimétrica; Resíduos Sólidos Recicláveis; Plano Municipal Integrado de Gestão de Resíduos Sólido



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC