PROJETO HIDROGÊNIO: EVOLUIR SEM POLUIR

Jackson Kleber Lima, Douglas Varela de Lima, Jhonatan Machado Godinho, Willian Savi Mondo, Pedro Weber de Ávila, Thiago Lucas Chaves, Paulo Augusto Weber Paes de Souza

Resumo


Combustíveis fósseis e o motor a combustão caracterizam o regime energético dominante, mas, infelizmente as fontes fósseis estão no caminho do esgotamento, e a utilização destes combustíveis emerge discussões sobre segurança energética, preservação do meio ambiente e sustentabilidade. Então, neste contexto, a pesquisa científica deste trabalho vem ao encontro dos referidos problemas, movida pelo anseio de eficiência no consumo dos combustíveis, a descarbonização dos combustíveis fósseis e geração de energia; e do mesmo modo melhoria na qualidade de vida da sociedade. O hidrogênio como um vetor energético, justifica-se como um elemento de transição de opções energéticas mais amenas para o meio ambiente; a maior parte de energia veicular hoje provém de fontes de combustível fóssil. No projeto de pesquisa, utilizando um gerador de hidrogênio, buscou-se extraí-lo da água e usá-lo como combustível em um motor a combustão padrão ciclo Otto, para tornar os automóveis híbridos, fazendo-os trabalharem com dois combustíveis distintos. Nesse contexto, temos como objetivos-chave: utilizar Hidrogênio como combustível alternativo; diminuir o consumo de combustível fóssil; tornar o motor híbrido agregando o hidrogênio ao combustível utilizado pelo veículo; aumentar a vida útil do óleo do motor; reduzir a emissão de gases CO2, NOx e SOx; reduzir o acúmulo de carbono nos cilindros e cano de descarga; prolongar a vida útil de velas e catalisadores. O projeto de pesquisa científica foi desenvolvido de maneira prática e teórica, buscando em referências bibliográficas, embasamento para entender o funcionamento de um gerador de hidrogênio, e como extrair o gás hidrogênio de diversas fontes. Após definidos os caminhos a seguir, foram feitos vários experimentos para extrair o hidrogênio da água a fim de utilizá-lo como combustível. Através disso, foi comprovado experimentalmente que a queima através de uma fonte de calor é possível e teoricamente também através da compressão em motores ciclo Otto. A extração do hidrogênio da molécula da água foi feita através de uma célula eletroquímica, composta por um tubo de PVC vedado, placas de inox ajustadas a tampa que foi alimentada por uma corrente contínua de 12V. Os dados sobre o consumo de energia para a produção de hidrogênio são parte base do projeto. O grupo de pesquisa está em contato com centros de pesquisa e pesquisadores da área de geração de energia através de hidrogênio no Brasil e um contato brasileiro nos EUA que tem experiência no uso de energias renováveis. Os usos do hidrogênio em conjunto com combustíveis fósseis representam redução de 30% a 60% em consumo e uma drástica redução na emissão de gases poluentes na ordem de 60% a 90%. Estudar aprofundadamente as viabilidades do projeto e eficácias, pô-lo em prática em um veículo que pode ser próprio ou da universidade, para um melhor estudo e testes, analisar os problemas e resolvê-los, extraindo ao máximo do projeto, produzindo um protótipo para tornar viável economicamente o desejo de ter um veículo que represente uma fonte de energia de baixo impacto ambiental serão postos a prova neste projeto pesquisa.

Palavras-chave


Consumo energético; poluição; hidrogênio; ambiente



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC