COMUNICAÇÃO PARA A SEGURANÇA DO PACIENTE: MÉTODO PIT STOP

Verônica Ribeiro, Fabiana Silva, Bruna Michels, Renata Rosana da Silva, Jaqueline Erig Omizzolo

Resumo


Trata-se de um projeto de extensão originado de uma proposta curricular da disciplina de Projetos de Cuidado Integral em Enfermagem do 8º semestre, a ser desenvolvido em um hospital local, em parceira com o Núcleo de Segurança do Paciente. Fundamenta-se no tema da comunicação para a segurança do paciente, assunto que recebe crescente atenção mundial. Vem sendo debatido na última década como tema de grande importância para órgãos, instituições e profissionais da área da saúde que buscam uma melhoria na qualidade do atendimento prestado. A comunicação é um fator que influencia na assistência prestada, principalmente entre a equipe responsável pelos cuidados, pacientes e familiares. Falhas na comunicação são um dos fatores que contribuem para a maioria dos casos de danos à pacientes, os quais continuam a ocorrer em níveis inaceitáveis. A equipe que tem uma boa comunicação entre si pode evitar danos aos pacientes e prestar um atendimento de excelência. Implantado desde 2009 no hospital Sírio Libanês, o chamado “pit-stop”, é uma prática para alinhamento de informações importantes sobre o paciente, realizado durante a troca de plantão. O método consiste em uma rápida reunião diária do enfermeiro e sua equipe. O enfermeiro, ao assumir seu turno, avalia as necessidades de cada paciente e anota em um quadro destinado para os registros do pit-stop, pontos de atenção e compromissos do paciente, como exames, cirurgia, alta, entre outros. Essa ação possibilita organização e atenção ao trabalho a ser realizado. O objetivo deste projeto é sensibilizar enfermeiras de um hospital de Lages/SC para o desenvolvimento de ações de comunicação estruturada junto às suas equipes, visando ampliar a prática da assistência de enfermagem segura ao paciente. Como proposta de intervenção, pretende-se discutir métodos de comunicação estruturada e construir conjuntamente uma estratégia de alinhamento de informações relativas aos pacientes, com base no método “pit-stop”. Será desenvolvido junto a três enfermeiras dos setores de internação, entre setembro a novembro de 2016, como uma proposta de capacitação. As atividades contemplarão: (a) apresentação da proposta de trabalho ao grupo de enfermeiros e organização de cronograma de encontros; (b) problematização do conceito de comunicação e comunicação estruturada como ação para a segurança do paciente; (c) apresentação e discussão do método pit-stop; (d) elaboração das etapas de aplicação do método pit-stop, considerando a realidade local; (e) implementação da prática do pit-stop nos setores envolvidos e avaliação do processo. Considerando que este projeto está em desenvolvimento, espera-se que, a partir de sua implementação, ocorra uma melhora na qualidade da comunicação entre os profissionais de enfermagem, visando uma redução dos possíveis erros, facilitando as ações assistenciais de maneira mais rápida e segura, obtendo o melhor controle das equipes de enfermagem. Ainda, tem-se como desafio a introdução de uma nova metodologia, o pit stop, visando facilitar o processo de trabalho do enfermeiro, promovendo uma assistência mais integrada para o paciente.

Palavras-chave


Comunicação, Segurança do Paciente, Enfermagem



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC