DESCARTE DE RESÍDUOS DE AGROTÓXICOS EM PROPRIEDADES RURAIS DA SERRA CATARINENSE

Larissa Morello, Lenita Agostinetto, Ana Emília Siegloch, Bruna Fernanda da Silva, Simone Vassem de Oliveira, Kelly Scherer de Oliveira

Resumo


Desde a Revolução Verde o uso de agrotóxicos no Brasil tem sido utilizado em grande escala. Em 2008, o Brasil passou ser o maior consumidor mundial destes químicos e seu uso desenfreado tem despertado preocupação, uma vez que vêm causando sérios problemas de contaminação ambiental e humana. Uma das formas de contaminação é em relação ao descarte inadequado das embalagens vazias de agrotóxicos nas áreas rurais, que apesar da existência de legislação especifica para tal, ainda é comum casos de descarte inadequado destas embalagens trazendo consequências negativas à saúde ambiental, humana e animal. Este projeto em andamento tem como objetivo verificar como ocorre o descarte de resíduos de agrotóxicos no sistema convencional na produção de Malus domestica Borkh. Para isso, o projeto será desenvolvido em duas localidades rurais, Luisinho e Santa Izabel, do município de São Joaquim, SC. Este será um estudo quantitativo, descritivo, prospectivo, por censo que ocorrerá através de levantamento de dados referente ao destino final das embalagens vazias de agrotóxicos e de seus resíduos nas localidades rurais acima citadas. Os dados serão coletados através de entrevista, utilizando-se um questionário semiestruturado, com perguntas fechadas e algumas abertas, aos pomicultores da região. O questionário abordará questões relacionadas ao uso e ao descarte dos agrotóxicos, tais como, orientação sobre local de armazenamento de embalagens vazias, transporte adequado destes químicos, orientação sobre como proceder com os resíduos dos produtos, orientação sobre o local de entrega das embalagens vazias, obrigatoriedade em realizar o descarte, orientação sobre a tríplice lavagem, dentre outros. Após a realização da entrevista, será feita observação de campo em cada propriedade visitada pelo entrevistador, buscando verificar a coerência com as respostas obtidas durante a entrevista. Para a observação de campo todas as informações serão anotadas em uma ficha de coleta específica. A pesquisa será aplicada a todos os proprietários das localidades de Luisinho e Santa Izabel, que aceitarem participar da pesquisa assinando livre e espontaneamente o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os dados coletados serão submetidos aos procedimentos estatísticos descritivos, análise bivariada e/ou multivariada, e testes paramétricos ou não paramétricos de acordo com a característica dos dados. Ao final desta pesquisa busca-se desenvolver consciência sustentável e pensamento ecologicamente correto nos pomicultores investigados, incentivando-os à gestão adequada dos resíduos dos agrotóxicos em suas propriedades.

Palavras-chave


embalagens vazias, gestão de resíduos, Malus domestica, Pesticidas.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC