O IMPACTO DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO SISTEMA CARCERÁRIO DE LAGES/SC

Angela Fagundes, Daisi Ribeiro, Mara Shirley Rossi

Resumo


Uma série de atividades vem sendo realizadas no sentido de estruturar a vida social dos detentos na região de Lages/SC. Esta pesquisa pretende destacar o papel da educação na vida dos detentos (homens e mulheres). Por meio de convênios, deu-se passos importantes na construção de políticas estaduais para as pessoas em situação de privação de liberdade. O repasse de verbas está tornando isso viável na cidade de Lages, no presídio regional onde será o espaço de estudo para essa pesquisa. Entendendo que a educação pode ser um instrumento de transformação para todos os sujeitos, foram instaladas salas de aula, que tem por objetivo principal não apenas ensinar, mas sim transformar os detentos que ali adentram em cidadãos com capacidades reais para o retorno a sociedade. Compreendendo o educar como um ato de criar espaços para que os sujeitos, situados organicamente no mundo, empreendam a construção do seu ser em termos individuais e sociais, o espaço carcerário (de privação de liberdade), com todas as suas diferenças, deve ser entendido também como um espaço educativo, um ambiente socioeducativo. Assim, esta pesquisa partiu do seguinte problema: devido ao tempo que passam em reclusão e a falta de formação acadêmica neste período, após o término da pena existe uma ausência de oportunidade causando o retorno dos detentos ao crime? O objetivo geral desta pesquisa é: Investigar a contribuição do profissional pedagogo para a mudança de atitudes dos detentos em uma Instituição de privação de liberdade em Lages/SC. Como objetivos específicos foram elencados: Traçar o perfil dos detentos; Verificar quais ações são desenvolvidas pelo pedagogo na instituição carcerária; Analisar os projetos desenvolvidos para os detentos, destacando os objetivos dos mesmos; Comparar as atividades pedagógicas realizadas com os objetivos propostos; Identificar os objetivos da instituição em relação aos detentos. A metodologia é de finalidade básica, com procedimentos bibliográficos, pois se baseia em obras já existentes; é de levantamento de dados, com análise quantiqualitativa. Os sujeitos serão um professor, cinco detentos e um Assistente Social. O instrumento de coleta dos dados será um questionário. A pesquisa está em andamento e ainda não foram coletados os dados.

Palavras-chave


Sistema carcerário, Prática pedagógica, Mudança de atitude



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC