SEGURANÇA DO PACIENTE: NOTIFICAÇÃO DE INCIDENTES, EVENTOS ADVERSOS E QUEIXAS TÉCNICAS.

Jaqueline Aparecida Erig Omizzolo, Lucimara Vingla Correia, Suellen Larice e Sá, Wellington Ruben Fernandes Ledur

Resumo


Trata-se de um projeto de pesquisa, a ser desenvolvido em parceria com o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) de um hospital geral do município de Lages/SC. Este estudo justifica-se, pois, no Brasil, de acordo com o Documento de Referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente, o sistema de notificação através dos profissionais e gestores deve ser desenvolvido de modo a ser não punitivo, confidencial, e os dados registrados serem utilizados para avaliar a qualidade na assistência. A partir das informações oriundas das notificações de incidentes, eventos adversos e queixas técnicas, o NSP tem dados para propor ações para soluções dos problemas notificados, visando minimizar ou evitar novas ocorrências, no que concerne à segurança dos pacientes. O objetivo é conhecer a adesão de equipes de enfermagem de um hospital de referência da serra catarinense frente ao processo de notificação de incidentes, eventos adversos e queixas técnicas, tendo em vista a criação de uma cultura positiva do processo de notificação. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, com abordagem qualitativa, tendo como método a Pesquisa Convergente Assistencial (PCA). O cenário são unidades de clinica médica masculina e feminina de um hospital geral, são sujeitos as equipes de enfermagem do turno noturno. O estudo será realizado entre os meses de setembro a dezembro do corrente ano, em três momentos distintos: (1º) reconhecimento do acesso ao sistema de notificações de incidentes, eventos adversos e queixas técnicas. (2º) realização de ação de educação em serviço, sobre as questões éticas da notificação e sobre o medo de punição; (3°) análise do preenchimento dos dados nas fichas de notificação. Os dados levantados e observados serão registrados em diário de campo, para posterior analise e interpretação dos resultados, com base nos processo de síntese, teorização e transferência dos dados obtidos na PCA. Os aspectos éticos serão observados e o projeto teve parecer favorável do CEP. Como resultados a serem alcançados, espera-se conhecer a adesão de equipes de enfermagem envolvidas no estudo, frente ao processo de notificação de incidentes, eventos adversos e queixas técnicas, tendo em vista a criação de uma cultura positiva do processo de notificação. Ainda, pretende-se interferir positivamente no resultado da assistência de enfermagem, no que diz respeito a reconhecer a necessidade de lidar profissionalmente com instrumentos que apresentam medidas para garantir a segurança dos processos de cuidado e executar ações e comportamentos estimulando a compreensão e efetivação para a cultura de segurança do paciente de forma ética, envolvendo principalmente a equipe de enfermagem na assistência do cuidado.

Palavras-chave


Segurança do paciente; Equipe de Enfermagem; Notificação



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC