REVISÃO DE LITERATURA SOBRE LESÃO DO MANGUITO ROTADOR

Maria Fernanda Carvalho Stegg da Silva

Resumo


O presente estudo foi realizado durante a Unidade Educacional Eletivo do Curso de Medicina, durante o mês de julho e agosto de 2016, na área de Ortopedia e Traumatologia, acompanhando os atendimentos às pessoas em situação de trauma e lesões relacionadas ao aparelho músculo-esquelético no Hospital do Trabalhador, Hospital Municipal São José e Hospital Ônix em Curitiba (PR). As lesões por trauma tendem a ser incapacitantes devendo ser tratadas de maneira imediata a fim de reduzir sequelas. Dando-se importância a demasiada utilização dos membros superiores verifica-se uma preocupação maior em atendimento imediato a essa área. O objetivo do trabalho é apresentar dados da literatura sobre a importância da abordagem imediata ao trauma de membros superiores, em especial ao manguito rotador que visa uma analise mais específica devido a sua queixa comum e possíveis complicações. Sucintamente descreve-se o manguito como um conjunto de quatro músculos, responsáveis por movimentar o ombro. Os músculos componentes do manguito são: o infraespinhal, o supraespinhal, o redondo menor e o subescapular. Esforços repetitivos, traumas e sobrecarga das articulações vão danificando os grupos musculares do ombro, ocasionando em uma diminuição do espaço entre o tendão do músculo supraespinhal e o acrômio. O acrômio pode desenvolver, com o passar dos anos, uma ossificação da sua parte inferior que chamamos de osteófito subacromial ou esporão subacromial. O esporão é o responsável pela diminuição do espaço gerando inflamação e causando dor à movimentação do ombro, descrito como Síndrome do Impacto. Caso haja intensificação do atrito, haverá piora dos sintomas, evoluindo para uma tendinite e até mesmo ruptura parcial ou total de suas fibras a chamada lesão de manguito rotador. Optou-se, após análise de pacientes atendidos durante o eletivo, por considerar de vital importância o estudo da lesão de manguito rotador, uma vez que as referências bibliográficas tratam com bastante propriedade e detalhamento a importância dessa lesão. Para elaboração dessa revisão foram realizadas pesquisas de livros técnicos de Medicina voltados para área de ortopedia e traumatologia e artigos científicos utilizando as palavras-chave - trauma, manguito rotador e ombro totalizando cinco fontes bibliográficas. Conclui-se, pelas bibliografias consultadas, associadas a uma anamnese e exame físico elencar a possibilidade de um tratamento conservador a fim de minimizar a lesão ou realizar um procedimento cirúrgico- artroscopia- para reparar o manguito rotador do ombro, geralmente indicada nos casos de ruptura parcial ou total dos tendões dos músculos supraespinhal, infraespinhal e subescapular.

Palavras-chave


Manguito rotador; Ombro e Trauma.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC