VIGILÂNCIA SANITÁRIA: EDUCAÇÃO CONTINUADA NA ÁREA DE BELEZA E ESTÉTICA

Andressa Rodrigues da Rosa, Tatiana Pereira Pagani de Arruda, Giselda Freitas, Tania Mara da Silva Bellato, Juliana Barbosa Vieira, Deise Giselle Souza Xavier

Resumo


As ações da vigilância sanitária historicamente estão associadas ao processo de regulação, monitoramento e fiscalização de produtos e serviços, com a finalidade de prevenir e reduzir situações de riscos à saúde da população. Pesquisas destacam que a área de beleza e estética vem apresentando alguns problemas, tais como o desconhecimento e falta de orientação dos profissionais relacionados à prática de biossegurança e regulamentações específicas. Conhecer as possibilidades e riscos de transmissão de doenças, noções de higiene, de processos, desinfecção de utensílios e instrumentos, e o cuidado no uso de determinados produtos é fundamental na prestação de um serviço de qualidade. Com base em experiência resultante de reflexões da Disciplina de Projetos Integrados, ministrada no 8º semestre do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) e da relevância da educação continuada, um grupo de acadêmicas, com orientação docente, dedicou-se ao aprofundamento teórico dos conceitos de vigilância sanitária e sua atuação na área de beleza e estética, resultando na elaboração de um Projeto de Extensão em parceria com o Serviço de Vigilância Sanitária da 27ª Regional de Saúde. O projeto tem como objetivo ampliar os conhecimentos dos fiscais em vigilância sanitária na área de beleza e estética com vistas à identificação precoce dos riscos e agravos nesta área de atuação. A metodologia será em formato de oficinas que serão ministradas por professores e profissionais com expertise nesta área de conhecimento e com participação de acadêmicas. Serão capacitados 52 fiscais da vigilância Sanitária dos 18 municípios da Serra Catarinense. As oficinas serão desenvolvidas no período de 05 à 08/11/2015, totalizando 32 horas/aula, distribuídas em momentos teóricos e práticos com atividades de dispersão e concentração. Ao final das oficinas, além do enriquecimento na formação das acadêmicas, fiscais da vigilância Sanitária estarão capacitados, pela ampliação do conhecimento adquirido, para atuação nas ações de prevenção, controle e monitoramento dos riscos sanitários à saúde dos profissionais e clientela na área de beleza e estética.

Palavras-chave


Vigilância Sanitária, Educação Continuada, Estética e Beleza.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC