A IMPORTÂNCIA DA VITAMINA C NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DOS ADOLESCENTES DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA FREI NICODEMOS DO MUNICÍPIO DE LAGES-SC

Marilia Souza, Simone Rodrigues

Resumo


A ingestão diária da vitamina C contribui para o estímulo das funções musculares, para absorção do ferro, na formação de colágeno, no aumento da resistência às infecções e reduz o colesterol elevado do sangue entre outros benefícios. Conforme pesquisas realizadas com adolescentes percebe-se esses não sabem alimentar-se, as suas escolhas priorizam sempre a satisfação do que querem comer e não a qualidade nutricional dos alimentos, ou seja, consomem mais calorias do que devem e não se preocupam com a ingestão de vitaminas de que precisam e necessitam diariamente. Sabe-se que é preciso manter os adolescentes bem nutridos e mantê-los em plena saúde, não é uma tarefa fácil, mas pode acontecer. Considerando que muitos estudantes desistem da escola e dos cursos de aperfeiçoamento, porque não conseguem conciliar trabalho e escola, motivado muitas vezes porque não mantém uma alimentação adequada que supra suas necessidades diárias que lhes garantam energia para a dupla jornada. Para tanto conscientizar os alunos da importância desta vitamina em sua na vida, alertando para suas escolhas e mostrando-lhes que “encher a barriga” não é o mesmo que estar nutrido e bem alimentado. O estudo teve como tema, enfocar a importância da vitamina C no processo de desenvolvimento dos adolescentes da Escola de Educação Básica Frei Nicodemos do município de Lages-SC, onde foram pesquisadas as cantinas e os cardápios das cozinhas que são responsáveis pela alimentação dos alunos. A preocupação deu-se em verificar os efeitos “invisíveis” que a carência dessa vitamina pode causar no metabolismo desses adolescentes. O projeto foi desenvolvido por meio de pesquisa bibliográfica e de campo, com características quali/quanti e aplicação de questionários semiestruturados com os alunos do 5º e 6º ano do Ensino fundamental. Importante considerar nesse momento da pesquisa que os cardápios das cantinas encontram-se na fase de observação, não sendo possível mensurar seus dados, enquanto que a análise dos questionários aplicados com os estudantes observa-se que 60% dos estudantes apresentam carência de ingestão das principais vitaminas necessárias ao dia-a-dia, ou seja, mais da metade dos adolescentes/estudantes entrevistados, informam que não ingerem a quantidade adequada de vitamina C que o organismo necessita para manter-se saudável.

Palavras-chave


Adolescentes, Nutrição, Cardápios de cantinas escolares



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC