ANÁLISE DA PREVALÊNCIA DE RETINOPATIA DIABÉTICA EM PACIENTES ATENDIDOS NO I MUTIRÃO DO DIA MUNDIAL DO DIABETES 2013

Patrícia Wolff

Resumo


Introdução: As doenças crônicas não transmissíveis têm sido a principal preocupação das políticas públicas de saúde por serem a maior carga de doenças no Brasil. Diabetes mellitus (DM) é um grupo heterogêneo de distúrbios metabólicos que apresenta em comum a hiperglicemia, resultada de defeitos na ação da insulina, na secreção de insulina ou em ambas. A classificação proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Associação Americana de Diabetes inclui quatro classes clínicas: DM tipo 1 (DM1), DM tipo 2 (DM2), outros tipos específicos de DM e DM gestacional. Lesões na retina são a complicação mais comum decorrente da hiperglicemia crônica, alterando a microcirculação e a glicosilação das proteínas. Junto à nefropatia e à neuropatia, a retinopatia diabética forma a tríade de complicações microangiopáticas responsável por severa limitação da capacidade funcional dos pacientes. A prevenção ou retardo do aparecimento do DM2, o controle do DM1, e de suas complicações acontece de maneira mais efetiva à medida que as pessoas e comunidades progressivamente compreendem a necessidade de autocuidado. Para evitar complicações do diabetes, deve-se monitorar os níveis de glicose no sangue, pressão arterial e colesterol para que permaneçam o mais próximo possível do normal, daí a importância do acompanhamento regular. O presente estudo pretende analisar dados que demonstrem possibilidades para contribuir na adesão ao tratamento do diabetes. A população atendida no I Mutirão de Atendimento Multiprofissional ao Portador de Diabetes no ano de 2013, na cidade de Lages é o grupo de estudo do presente trabalho. O evento teve como tema "Diabetes: Proteja Nosso Futuro", visando a prevenção e educação sobre diabetes. E, teve como objetivo chamar a atenção da sociedade sobre o impacto do diabetes, visando a qualidade de vida dos portadores de diabetes. Objetivo: Verificar a prevalência de retinopatia na população atendida no I Mutirão do Dia Mundial do Diabetes realizado na cidade de Lages. Método: Estudo exploratório, com análise quantitativa e qualitativa quanto o comprometimento da visão de 80 (oitenta) pacientes com diabetes mellitus tipos 1 e 2 na população atendida do I Mutirão de Atendimento Multiprofissional ao Portador de Diabetes, na cidade de Lages. Os dados estão registrados em fichas de avaliação dos indivíduos atendidos no referido evento. O projeto foi aprovado pelo CEP no mês de agosto de 2015, seguindo o que se preconiza a Resolução 466/12.Os dados serão organizados em planilha do Excel, e o tratamento estatístico pelo Programa Epi Info. Considerações: Os dados estão sendo compilados para seguir com a análise estatística dos mesmos.

Palavras-chave


Diabetes mellitus, Retinopatia diabética, Autocuidado



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC