SAÚDE BUCAL NA ESCOLA

Camila Bordin Correio, Mirian Kuhnen, Suelen Wiggers Correio, Renata Couto de Arruda Bunn Correio, Giovana Haendchen Fornasari Correio, Evelize Lorenzi Pereira Correio, Luciana Vieira Rodrigues Correio

Resumo


Introdução: A Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade da UNIPLAC constitui uma modalidade de ensino de Pós-graduação lato sensu desenvolvida em ambiente de serviço, mediante trabalho sob supervisão. Está fundamentada nos princípios do Sistema Único de Saúde e visa orientar e capacitar os profissionais para desenvolverem atividades voltadas à atenção integral à saúde, em ambiente de Atenção Primária. Dentro destes princípios este projeto de extensão propõe realizar o Tratamento Restaurador Atraumático (ART) que tem como objetivo a atenção à saúde bucal aliando mínimo de intervenção com o máximo de prevenção. É considerado como um tratamento alternativo, atraumático e definitivo, em que seu método consiste na realização de restaurações com a utilização apenas de instrumentos manuais. A técnica prevê a remoção da dentina infectada apenas com instrumentos manuais em dentes cariados; reforça os hábitos saudáveis de saúde bucal pela sensibilização à mudança de comportamento das crianças. As atividades na escola possibilitam identificar as crianças submetidas aos fatores de risco de cárie, favorecendo o controle da mesma. Objetivo: Incentivar e integrar a promoção de saúde através da realização de Tratamento Restaurador Atraumático e atividades de educação em saúde bucal. Método: A fase restauradora do ART pode ser considerada como procedimento de sessão única, no qual é feita remoção parcial de tecido cariado, com o auxílio de instrumentos manuais e, na maioria das vezes, sem a necessidade do uso de anestesia. O selamento da cavidade é feito com cimento de ionômero de vidro, de maneira definitiva. População alvo: Alunos do 1º ao 5º ano das escolas que pertencem ao bairro São Carlos, em Lages, SC. Explicado os objetos do projeto, os alunos deverão trazer assinado o termo de autorização pelos pais ou responsável para poderem participar do procedimento. As crianças são atendidas na própria escola e posicionadas sobre uma mesa, com um encosto para a cabeça, proporcionando conforto ao paciente e posicionamento adequado ao profissional. Com um auxilio de uma lanterna para melhor visualização da cavidade, pois não serão empregados equipamentos odontológicos convencionais, como mocho, cadeira odontológica, instrumentos rotatórios e refletor. A escavação será realizada pelo cirurgião-dentista enquanto o auxiliar manipula o material. Considerações: O projeto está acontecendo e foram realizadas em 7 turmas. Observou-se um apoio dos pais e das crianças. Após este contato com as crianças na escola, verificou-se uma maior procura pelo atendimento na UBS, reforçando a importância do projeto que aproxima à comunidade da Estratégia Saúde da Família.

Palavras-chave


Saúde Bucal, Atenção Primária, Promoção de Saúde



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC