A ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

Rosa Maria Satiro, Susana da Silva Pires de Liz

Resumo


O presente estudo trata-se de uma experiência de Pesquisa que está sendo elaborada na disciplina Fundamentos da Pesquisa no 4º semestre do Curso de Serviço Social Uniplac. O interesse por esse tema, para refletirmos sobre atuação do assistente social em relação do trabalho infantil articulado o Programa do PETI em relação ao trabalho e o envolvimento junto as demandas identificadas no programa. A presente proposta será desenvolvida no Programa do PETI inserido no CREAS l. Neste trabalho o tema de pesquisa intitula-se Uma visão do Serviço Social sobre Erradicação do Trabalho Infantil e a contribuição do profissional, o público alvo será Assistente Social. Tendo como problema da pesquisa qual a compreensão do assistente social sobre erradicação do trabalho infantil. É um Programa do Governo Federal tem como objetivo contribuir para erradicação do trabalho infantil no país de crianças e adolescentes entre 7 a 16 anos de idade considerado perigoso e degradante, insalubre seja atividades que coloque em risco sua saúde e sua segurança em horário e locais impedindo de frequentar as aulas. Sendo objeto de pesquisa Programa do PET do município de Lages na erradicação do trabalho infantil. Tendo como objetivo geral Identificar o fazer profissional do assistente social na erradicação do trabalho infantil no Programa PET. A partir dessa proposta os três objetivo específico Conhecer o histórico do Programa do PET, contextualizar sobre erradicação do trabalho infantil e analisar acerca do tema erradicação do trabalho infantil no serviço social. A metodologia utilizada na pesquisa se dará na corrente epistemológica do materialismo dialético marxista. Segundo TRIVIÑOS(1987) que estuda a evolução histórica da prática social dos homens, na seu desenvolvimento. Para coleta de dados das informações será um questionário aberto com 04(quatro) perguntas. As análises de conteúdo se realizadas no decorrer do semestre com aporte teórico de BARDIN(1977). A forma abordada na construção da pesquisa utilizamos o método quali-quanti segundo OLIVEIRA(2003). Significa dar qualidade a quantidade de informações colhidas através da entrevista será aplicado um questionário para melhor acesso as informações necessárias na obtenção dos resultados. A pesquisa bibliográfica e de campo como diz TRIVIÑOS(1987) busca fontes secundarias abrange toda a bibliografia já tornada pública, a pesquisa tem no intuito de coletar, analisar os referenciais teóricos e produções já existentes são pertinentes ao tema. Esperamos com esta pesquisa contribuir nas reflexões sobre a erradicação do trabalho infantil e melhor compreensão sobre o tema no Serviço Social, trazendo a importância de experiências concretas das Políticas Públicas materializando conceitos e fundamentando o funcionamento das mesmas.

Palavras-chave


Serviço social, Erradicação do trabalho infantil o fazer profissional.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC