DISLIPIDEMIA

Felipe Guerra

Resumo


Este trabalho apresenta a Experiência da Unidade Educacional Eletivo do 2º Ano do curso de Medicina vivenciada na área de Medicina de Família e Comunidade. Neste período foi possível acompanhar consultas das mais variadas etiologias e complexidades, supervisionado pelo orientador. Buscou-se contemplar os objetivos do Projeto de Intervenção previamente acordado, ampliando as práticas de anamnese, exame físico, conhecimento em relação ao Sistema Único de Saúde (SUS), funcionamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e as comorbidades mais presentes nos pacientes. Apresenta-se uma revisão bibliográfica acerca do tema Dislipidemia, bem como suas classificações, mecanismo de ação e tratamento. Para a pesquisa, foram utilizados artigos da SciELO, livros e sites, dos anos de 2006 a 2015. Foi abordado acerca do tema proposto, a fisiologia das lipoproteínas, contemplando sua estrutura e função, suas vias de absorção e metabolismo, além de sua importância no desenvolvimento das dislipidemias. As lipoproteínas permitem a solubilização e o transporte dos lípides, que são substâncias geralmente hidrofóbicas, no meio aquoso plasmático. O metabolismo das lipídios inclui a via intestinal, a qual ocorre a absorção pelo enterócito e a via hepática, a qual requer participação das lipoproteínas formadas e secretadas pelo fígado, como VLDL, IDL, LDL. Na dislipidemia há alteração dos níveis séricos dos lipídeos. Como consequência disso, ela é considerada como um dos principais determinantes da ocorrência de doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, dentre elas aterosclerose. De maneira geral, os hipolipemiantes, medicamentos usados no tratamento de dislipidemias, devem ser empregados quando não houver efeito satisfatório do tratamento não medicamentoso ou na impossibilidade de aguardar seus efeitos.A melhora do perfil lipídico (principalmente a redução de LDL) é considerada um desfecho intermediário, ou seja um parâmetro fisiológico importante associado, parcialmente, ao risco de desenvolver doenças cardiovasculares e mortalidade em decorrência das mesma. Portanto, demonstrou-se a importância do estudo relacionado à dislipidemia, devido aos riscos apresentados e sua prevalência na sociedade.

Palavras-chave


Medicina de Família. Unidade Básica de Saúde. Estágio Eletivo. Dislipidemia.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC