RELATO DE EXPERIÊNCIA: SÍNDROME DE CLAUDE-BERNARD-HORNER E DE PANCOAST-TOBIAS OCASIONADO POR ABSCESSO PULMONAR

Gabriella de Barros Assink

Resumo


Este estudo derivou de uma experiência de intervenção prática realizada em ambiente hospitalar, na área de Clínica Médica, junto a um paciente diagnosticado com abcesso pulmonar, durante a Unidade Educacional Eletivo do curso de Medicina da UNIPLAC, nos meses de Junho e Julho/2015. Abscesso pulmonar por definição, é a necrose do parênquima pulmonar causada por infecção microbiana. Podem ser classificados de acordo com o tempo de duração, presença ou ausência de lesão subjacente, bem como pelo patógeno responsável. Este estudo originou-se no aprofundamento teórico necessário para compreender o caso de um paciente hospitalizado que apresentava quadro clínico sugestivo de câncer de pulmão, e que posteriormente foi confirmado tratar-se de abscesso pulmonar. A metodologia utilizada na discussão foi pesquisa em livros clássicos e periódicos científicos da área de pneumologia e clínica médica onde utilizou-se como palavras-chave abscesso pulmonar, Claude-Bernard-Horner e Pancoast-Tobias, constituindo a amostra de cinco fontes bibliográficas. Dessa forma, foi possível a construção de conhecimento unido à prática médica, bem como o aprofundamento do aprendizado que vem sendo construído no curso. Os dados de identificação do paciente foram mantidos em sigilo e foi colhido o consentimento esclarecido sobre o uso dos mesmos para estudo. As manifestações clínicas do abscesso pulmonar são variáveis; os pacientes podem apresentar mal-estar, anorexia, astenia, febre alta, calafrios, sudorese, dor torácica, tosse produtiva que evolui para aspecto purulenta e odor fétido a partir do momento em que ocorre necrose do parênquima pulmonar. Ao exame físico encontramos geralmente pacientes com fácies de dor, dentes em mal estado de conservação e halitose. A percussão pode revelar submacicez e estertores crepitantes podem ser auscultados. No tocante às síndromes de Claude-Bernard-Horner e Pancoast-Tobias, essas são geralmente atribuídas à extensão de um tumor pulmonar. O diagnóstico de abscesso pulmonar na maioria dos casos é baseado no quadro clínico-radiológico. Atualmente, o tratamento do abscesso pulmonar, na maioria dos casos é clínico e a escolha do antibiótico é baseada no quadro clínico, radiológico e microbiológico do paciente. No caso de resposta inadequada ao tratamento clínico ou com suspeita de neoplasia, como o caso do paciente acompanhado, o tratamento cirúrgico está indicado, representando 15% dos casos de abscesso pulmonar. Dessa forma, o estudo do caso clínico possibilitou relatar as síndromes de Pancoast-Tobias e Claude-Bernard-Horner, ocasionadas não por extensão de um tumor, mas sim por um abscesso pulmonar, possibilitando ilustrar condutas diagnósticas e terapêuticas adotadas ao paciente em questão, bem como proporcionou o aprofundamento desse tema fundamentado em referenciais teóricos.

Palavras-chave


Abscesso Pulmonar; Claude-Bernard-Horner; Pancoast-Tobias



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC