A GEOMETRIA NO COTIDIANO DO ALUNO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Tiago Stempkowski, Suély Colaço Chaves, Cleber Augusto Costa Araújo, Alacir Capistrano, Gabriele Lima da Silva, Mariléia Aparecida Wolff Tubs

Resumo


Esta pesquisa faz parte da disciplina de Pesquisa e Pratica Pedagógica do Curso de Licenciatura em Matemática. Com base na pesquisa quantitativa, o projeto discute dados que representa o resultado de um estudo, trazendo informações que permite identificar como a Geometria é relacionada com o contexto social da escola pelos professores de Matemática da Educação Básica. Apontando a importância de utilizar como estratégia de ensino o próprio contexto escolar, relacionando o conteúdo de Geometria com a realidade do aluno. Argumentar as facilidades de construir o conhecimento a partir dessas relações e principalmente questionar as dificuldades encontradas pelos docentes em ministrar tal conteúdo, sugerindo algumas estratégias para facilitar a aprendizagem dos discentes. O estudo teve início mediante uma revisão bibliográfica que deu sustentação neste processo, tendo como principais autores estudados Nogueira, Malba, Moura, Lindquist e Lakatos. A pesquisa foi realizada em uma Escola estadual do Município de Lages, uma Escola municipal de Capão Alto e uma Escola estadual do Município de São José do Cerrito, do Estado de Santa Catarina. Foram feitas observações nas aulas de Matemática e aplicado um questionário, sendo pesquisados sessenta e três alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental e três professores da disciplina em questão. Após a coleta dos dados foi realizada a tabulação e análise quantitativa, pelo fato da pesquisa está em andamento os resultados são parciais. Percebe-se que alguns professores falam sobre conceitos geométricos com insegurança, encontrando dificuldade em relacionar a Geometria com a realidade do aluno. Na organização dos conteúdos do planejamento anual, a Geometria aparece como último conteúdo a ser trabalhado. Também foi relatado pelos professores que este conteúdo só é trabalhado quando sobra tempo na cronologia anual, pois a ênfase é para outros conceitos matemáticos, que precisam ser mais trabalhados, devido as dificuldades apresentadas pelos alunos, por falta de estudo, interesse, comprometimento, etc., o que prejudica o aprendizado. Contudo, relacionar a Geometria com a realidade do aluno, fazendo uma ponte entre a teoria e a prática, pode ser um pré-requisito necessário podendo assim melhorar a aprendizagem da Geometria e também dos demais conceitos Matemáticos.

Palavras-chave


Geometria, Realidade do aluno, Ensino e aprendizagem.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC