ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NO CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS CAPSAD NO MUNICÍPIO DE LAGES-SC

Jaqueline da Fonseca Velho, Luciana Silva, Juliana Carli, Audrilara Campos

Resumo


Este relato de experiência busca contextualizar a atuação do Assistente Social frente a dependência química, no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas – CAPSad, tendo como perspectiva a reflexão sobre o impacto do serviço na vida social do sujeito, bem como a atuação do profissional, dentro deste serviço. O conhecimento adquirido aconteceu através da vivência do campo de estágio curricular obrigatório do Curso de Serviço Social da Universidade do Planalto Catarinense – UNIPLAC, no período de 2014 a 2015 realizado no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas – CAPSad, no município de Lages-SC. Objetivo: O estágio têm como objetivo identificar “Qual a atuação do Assistente Social frente à dependência química” explanar os aportes teóricos que fornecem subsídios e embasamento para a atuação profissional, que fornecerá sustentabilidade, a visão acadêmica fazendo uma reflexão critica acerca das politicas publicas, e sistematizar esta vivencia profissional trazer como acontece a intervenção do Serviço Social,, bem como a aplicação prática da teoria apreendida na Universidade, que permite-nos maior conhecimento acerca da profissão. Método de Intervenção: A inserção do Assistente Social no CAPSad é de suma importância, pois este profissional tem uma prática socializadora, possui uma visão ampla, sendo propositivo e proporcionando forma a instigar e potencializar aos usuários meios de enfrentamentos desta problemática, de forma a que aconteça a inserção social. Resultados: A atuação do Serviço Social é pautada na ampliação e consolidação da cidadania, livre de qualquer preconceito, compreendendo o indivíduo em sua totalidade. O trabalho do profissional do Serviço Social, também se efetiva através de acolhimento e orientação aos usuários onde auxilia os familiares no processo do tratamento, na recuperação do indivíduo e no fortalecimento do vínculo familiar, execução de programas, e ampliação de novos projetos com ações pautadas no Código de Ética da profissão. Considerações: Percebe-se que o principal objetivo do Serviço Social no CAPSad, é preservar e ampliar os direitos, e a intervenção profissional é caracterizada pelo atendimento às demandas e necessidades sociais de seus usuários, que podem produzir resultados concretos, tanto nas dimensões materiais, quanto nas dimensões sociais, políticas e culturais da vida da população, viabilizando seu acesso à Políticas Sociais, diminuindo assim as desigualdades sociais existentes. Ressaltando a necessidade de reconhecer estes indivíduos como sujeitos de direitos e parte pertencente da sociedade, solidificar na realidade nosso papel enquanto profissional, com competência pratica e qualificação dos aportes teóricos metodológicos da profissão. Cabe aqui registrar que o Código de Ética Profissional do Assistente Social fundamenta-se nos princípios de liberdade, emancipação humana, defesa dos direitos, democracia, equidade e justiça. Referência: Portaria dos CAPS-336-02

Palavras-chave


Serviço Social, Dependência Química



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC