A EVASÃO ESCOLAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE LAGES/SC

Neuzi de Fatima Carvalho

Resumo


A educação é um direito de toda a criança e está garantido na Constituição Federal de 1988, pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nº 9394/96. Em se tratando de um direito básico das crianças, pode-se pensar que todas as crianças têm acesso as instituições escolares. Sabe-se que muitas crianças estão fora da escola em idade escolar e essa situação parece ser mais grave no contexto da Educação Infantil, onde, além das poucas vagas oferecidas pelas prefeituras municipais, ainda há pouco ou nenhum controle sobre essas vagas, tanto no que diz respeito ao acesso quanto a permanência nas instituições de Educação Infantil. Diante deste contexto, questiona-se: quais as razões que levam a evasão escolar de alunos matriculados na educação infantil nas turmas do maternal II e III (2 e 3 anos) no sistema municipal de ensino de Lages/SC. O objetivo geral é analisar o processo de evasão escolar na Educação Infantil nas turmas de Maternal II e III na rede municipal de ensino de Lages/SC, no ano de 2014. Os objetivos específicos são: identificar os motivos geradores da evasão escolar nestas turmas de educação infantil; conhecer o contexto social e familiar na qual o aluno desistente está inserido e relacionar no contexto escolar as ações pedagógicas de professores e coordenadores dos CEIMs para evitar a evasão escolar. A pesquisa é exploratória, tem como sujeitos da pesquisa professores, coordenadores e pais dos alunos evadidos. As análises de dados são qualitativa/quantitativa, tem como método de coleta de dados questionários com os professores e coordenadores e entrevista com os pais alunos que se evadiram. Os principais resultados já obtidos com os professores e coordenadores mostraram que os CEIMs estão qualificados para receber os alunos e professores todos tem nível superior e capacitado para desenvolverem a função de docente. Concluo que esta pesquisa nos trouxe uma abertura para ver uma realidade que a evasão existe mesmo na Educação Infantil tendo grande procura muitas vezes falta vagas para suprir a demanda de crianças nas turmas de maternal I e II (2 e 3 anos) na rede municipal de ensino de Lages/SC. Como é uma pesquisa em andamento não se chegou ainda a uma conclusão final.

Palavras-chave


Evasão escolar, Educação Infantil, desistentes



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC