O LÚDICO NA APRENDIZAGEM INFANTIL

Cristiane Cales Correa, Bruna Aparecida Maciel

Resumo


As brincadeiras são de grande importância para o desenvolvimento das crianças, mas nem sempre estão presentes nas escolas que atendem esta faixa etária, pois, são poucos os profissionais qualificados para essa área, isto é, brincar ou propiciar brincadeiras às crianças. A tecnologia tem avançado a cada dia, deixando a população mundial cada vez mais dependente destes avanços, mas para as crianças isso pode ser um problema, pois os pais estão acostumando ou permitindo que seus filhos fiquem horas e horas na frente da TV, ou no computador, no vídeo games e outros, o que leva as crianças a deixarem de brincar, jogar, desenvolver atividades lúdicas, próprias da idade. A justificativa desse projeto deve-se à vontade de despertar em educadores o gosto pelo lúdico, isto é, pelo desempenho das brincadeiras nas instituições infantis. E também levar informações aos pais, sobre o quanto o brincar pode ser significativo para o desenvolvimento de seu filho, pois a brincadeira é “instrumento” fundamental para o desenvolvimento psicomotor das crianças. Desta forma, cabe aos pais e aos profissionais da Educação Infantil tomarem consciência da importância desta para uma educação de qualidade. Segundo o referencial Curricular da Educação Infantil (1998): Educar significa propiciar situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens orientadas de forma integrada e que possam contribuir para o desenvolvimento das capacidades infantis de relação interpessoal, de ser e estar com os outros em uma atitude básica de aceitação, respeito e confiança, e o acesso, pelas crianças, aos conhecimentos mais amplos da realidade social e cultural. A importância desta pesquisa está no fato de que a aprendizagem se efetiva com maior interesse pelas crianças quando estão brincando, e é muito discutida por autores, professores, estudiosos, que salientam a necessidade de rever os conceitos de práticas incluindo a ludicidade como forma de aprendizagem. O objetivo geral desta pesquisa foi investigar a contribuição da inserção de atividades lúdicas nas aulas de Educação Infantil, para a melhoria no aprendizado das crianças. Como objetivos específicos foram traçados os seguintes: Investigar se o desenvolvimento de aulas lúdicas provocará melhorias no aprendizado dos alunos; observar se a professora utiliza jogos e brincadeiras para o ensino dos alunos; ressaltar a importância do lúdico para o desenvolvimento infantil; descrever as principais habilidades/capacidades que podem ser desenvolvidas através do lúdico. Esta pesquisa caracterizou-se como básica; de campo; de levantamento de dados e com análise qualitativa (MARCONI & LAKATOS, 2013). O instrumento de coleta de dados foi um questionário aplicado a duas professoras de Educação Infantil de uma Escola Pública Municipal de Lages/SC. Conclui-se que através da ludicidade as crianças adquiriram melhor desenvolvimento com atividades lúdicas. Verificou-se que as professoras utilizam jogos, brincadeiras tornando as aulas mais prazerosas. Ficou claro a importância da ludicidade no desenvolvimento integral da criança. As capacidades e habilidades que as crianças desenvolvem são: afetiva, cognitiva, motora, emocionais, entre outras.

Palavras-chave


Ludicidade. Desenvolvimento Infantil. Aprendizagem.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC