USO DOS RECURSOS NATURAIS PARA PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Silvia Maria Alves da Silva de Oliveira, Aline Nunes, Gabrielle Kuspther, Mariane Souza Melo de Liz

Resumo


A teoria da relatividade especial de Albert Einstein/1905 propõe que a energia cinética e a massa são equivalentes. Abordando que toda forma de energia é equivalente à sua massa inercial, isto é, pode se manifestar como resistência à alteração da velocidade. Se analisarmos situações onde as partículas eletricamente carregadas deslocam-se de cargas positivas e negativas para uma determinada direção e em um sentido, este deslocamento é o que chamamos de corrente elétrica. Estas correntes elétricas são responsáveis pela eletricidade que é utilizada por nós. Esta corrente é causada pela movimentação de elétrons em um condutor. A corrente elétrica é formada a partir da diferença de potencial elétrico. Ao ligar um fio condutor entre uma carga positiva e outra negativa, os elétrons livres tendem a se deslocar no sentido da carga positiva, devido ao fato de terem cargas negativas, lembrando da lei da atração, onde os sinais opostos se atraem. A partir da utilização das correntes elétricas no dia-a-dia, buscamos identificar como ela é produzida e a variedade de fontes. Em pesquisa bibliográfica foi possível identificar as fontes de energia disponibilizadas e usadas pelo homem. Atualmente são usadas fontes energéticas variadas, sendo que as fontes renováveis surgem como melhoria na qualidade de vida, levando em consideração que são fontes limpas. Podemos citar: Energia Hidráulica, Solar, Eólica, Gravitacional, (energia mareomotriz e energia das ondas) Biomassa e Energia Geotérmica. Enquanto que Energia Nuclear e Fóssil são energias não-renováveis e extremamente poluentes. As fontes relacionadas foram abordadas junto aos estudantes, provocando a curiosidade e o interesse em pesquisar mais sobre o assunto. Banners foram organizados para divulgar as informações obtidas para mais estudantes e comunidade. De acordo com o Balanço Energético Nacional- BEN de 2014, o Brasil possui a mais alta matriz energética renovável (41%) que no restante do mundo (13%). Sendo: hidráulica 70,6%, gás natural 11,3%, biomassa 7,6%, carvão e derivados 2,6%, nuclear 2,4% e eólica 1,1%, sendo que a energia gravitacional e geotérmica ainda não existe no país.

Palavras-chave


Recursos Naturais; Produção; Energia Elétrica



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC