O FAZER PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL NO DE JUSTIÇA COMUNITARIA

Márcia Aparecida Donizete Campos Oliveira, Susana da Silva Pires de Liz

Resumo


Este estudo trata-se de uma experiência de elaboração de um projeto de pesquisa que está sendo construído através na disciplina Fundamentos da Pesquisa no curso de Serviço Social da UNIPLAC. A pesquisa de campo e a análise dos dados será realizada posteriormente na disciplina do 6º semestre Pesquisa Social. A pesquisa traz como tema, Serviço Social no Núcleo de Justiça Comunitária de Lages – SC. Segundo o projeto Núcleo de Justiça Comunitária de Lages (2014) o objetivo é contribuir com a democratização do acesso à justiça, por meio de mobilização e capacitação de agentes comunitários em mediação de conflitos, animação de redes sociais, educação para os direitos, contratação de equipes multidisciplinares como advogados, psicólogos e assistentes sociais, aquisição de equipamentos e adequações de espaços físicos conforme as diretrizes do Programa Justiça Comunitária. O interesse por investigar este tema ocorreu após verificar a ausência de pesquisa acadêmica em Serviço Social neste importante espaço de atuação profissional. A pergunta norteadora desse processo, Quais são as intervenções do Serviço Social no Núcleo de Justiça Comunitária de Lages no Ano 2014? O objetivo geral analisar as intervenções profissionais do Assistente social no Núcleo de Justiça Comunitária do Município Lages SC. Os objetivos específicos, estudar o processo de formação e desenvolvimento do Núcleo, identificar programas e projetos desenvolvidos pelo Núcleo na comunidade lageana, Verificar a atuação da equipe interdisciplinar no Núcleo de Justiça Comunitária, Identificar o fazer profissional do Assistente Social neste espaço de atuação profissional. Os núcleos de Justiça Comunitária objetivam contribuir para a democratização do acesso à justiça, por meio da capacitação de cidadãos em técnicas de mediação de conflito, inserido a cultura do diálogo. É importante destacar que o projeto do Núcleo de Justiça Comunitária de Lages SC é o primeiro do Estado, sendo escolhido o município de Lages, por ser considerado a cidade com maior índice de violência doméstica do Estado. Sua instalação conta com a parceria do PROGEM (Procuradoria Geral do Município), Prefeitura de Lages, Apoio do Ministério da Justiça Secretaria de Reforma do Judiciário. Referente aos aspectos metodológicos, a pesquisa será desenvolvida na perspectiva do materialismo crítico. Os tipos de pesquisa utilizado são exploratória, bibliográfica, documental estudo de campo de caráter quali-quantitativo. Objeto de estuado é o Núcleo de Justiça Comunitária de Lages SC. O sujeito de pesquisa será o assistente social que atua neste projeto. Os instrumentos técnicos operativos utilizados serão entrevista com o profissional de Serviço Social através de um questionário semi-estruturado. A pesquisa atende os princípios da resolução 466/12 e o código de ética profissional do assistente social. Esperamos que este estudo contribua para se pensar em melhores compreensões e discussões sobre o Serviço Social junto ao Núcleo de Justiça Comunitária de Lages SC, com vistas a fortalecer o projeto ético político da profissão, construído no decorrer do processo histórico, numa perspectiva crítica, criativa e interventiva, possibilitando a autonomia e emancipação dos sujeitos atendido neste projeto ampliando as reflexões acerca desse campo de atuação profissional.

Palavras-chave


Serviço Social. Núcleo de Justiça Comunitária de Lages SC.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC