SENTIDO DO TRABALHO PARA A GERAÇÃO Y EM ATUAÇÃO NA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Kamila dos Santos Andrade, Renata Oliveira Rigon, Lilia A. Kanan

Resumo


A realização deste estudo encontra justificativa na intenção de identificar o sentido do trabalho para os profissionais da Geração Y no setor de Tecnologia da Informação (TI), em razão desta área ser caracterizada pelo número elevado de profissionais e de interessados e que sua principal característica é a urgência nos serviços prestados. Numa instância ampliada, busca-se identificar aspectos que possam promover a permanência de colaboradores da faixa etária de 21 à 30 anos em organizações de TI. Os profissionais da Geração Y ocupam significativa parcela das vagas de trabalho na área de Tecnologia da Informação, a relevância social desta pesquisa encontra-se na possibilidade de contribuir na ampliação do conhecimento acerca do sentido do trabalho para estes profissionais. Outra razão que sustenta a realização deste estudo é que as pesquisas empreendidas e localizadas em diversas bases de dados como Scielo e PEPSIC, inclusive em bancos de teses e dissertações da CAPES, comprovam a escassez de produções que associam os construtos ‘sentido do trabalho’, ‘Geração Y’ e ‘tecnologia da informação’. Nestes termos, produzir e ampliar o conhecimento associado a eles representa contribuição à comunidade científica. Este estudo tem como objetivo analisar o sentido do trabalho para os profissionais de TI da geração Y. De maneira específica busca-se identificar o sentido do trabalho, junto aos profissionais de TI da geração Y, na dimensão individual abrangendo a satisfação pessoal, autonomia e sobrevivência, aprendizagem e crescimento e identidade; Identificar o sentido do trabalho, junto aos profissionais de TI da geração Y na dimensão organizacional abrangendo a avaliação da utilidade das atividades realizadas no trabalho e os relacionamentos interpessoais; Identificar o sentido do trabalho, junto aos profissionais de TI da geração Y, na dimensão social considerando a inserção social e contribuição para a sociedade. Para a realização da pesquisa foi aplicado um questionário adaptado por Kubo (2009) e Tolfo (2007) nos acadêmicos do curso de Sistemas de Informação da UNIPLAC. O questionário objetiva avaliar o sentido do trabalho para os profissionais da geração Y que atuam na área de TI. A pesquisa está em andamento sendo que parte dos questionários já foram aplicados. Após a aplicação total, os dados serão analisados por meio do software SPSS e organizados em categorias de acordo com os objetivos específicos elencados neste estudo. Como resultados esperados, pretende-se verificar se é o sentido do trabalho dado pelos jovens da geração Y que atuam na área de TI que promove a alta rotatividade encontrada neste segmento profissional ou se o sentido do trabalho dado pelos jovens da geração Y que atuam na área de TI não é aspecto determinante da alta rotatividade encontrada nesse segmento profissional.

Palavras-chave


Sentido do Trabalho; Tecnologia da Informação; Geração Y; Psicologia.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC