UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA GRAVAÇÃO ALIADO AO APRENDIZADO ACADÊMICO DOS CURSOS DE ENGENHARIA

Stéfano Frizzo Stefenon

Resumo


O estudo sobre os equipamentos para gravação é muito importante para que os acadêmicos tenham a experiência prática no desenvolvimento de protótipos e análise das técnicas que podem auxiliar na eficiência de processos industriais. A pesquisa sobre estes equipamentos tem alto impacto dentro do laboratório de Pronto 3D, pois as técnicas utilizadas podem reduzir a quantidade de desperdícios que ocorrem no processo e aumentar a velocidade na confecção dos protótipos. A impressão em 3D atualmente é vista como a nova revolução industrial, pois diminui o tempo significativamente no desenvolvimento de protótipos e peças para diversas aplicações, o rendimento e eficiência deste processo é fundamental para o sucesso do laboratório de pronto 3D da UNIPLAC e com isto se vincula à linha de pesquisa Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade, da Universidade.

O objetivo geral do presente trabalho é apresentar a melhor forma de desenvolver protótipos que auxiliem o aprendizado dos acadêmicos dos cursos de engenharia. Como objetivos específicos, avaliar quais são as melhores condições de uso dos equipamentos do laboratório pronto 3D e desenvolver protótipos que auxiliem o entendimento dos componentes do sistema elétrico para o curso de engenharia elétrica.

A presente pesquisa caracteriza-se como quali-quantitativa avaliando qual o melhor procedimento para utilização dos equipamentos e materiais, como temperatura ideal e condição do ambiente, pois há indícios de que estes tem relação com a qualidade da impressão em 3D, porém não foram estudadas quais são as melhores condições para que o equipamento dentro do laboratório Pronto 3D da UNIPLAC, tenha uma eficiência maior na confecção de protótipos.

Deste modo, o método do presente trabalho inicia a partir de um levantamento bibliográfico, o qual será utilizado para embasamento de experiências e testes sobre os materiais e técnicas utilizadas para gravação em 2D e impressão 3D.

Os resultados parciais, mostram que os equipamentos, dependendo de sua velocidade e tempo de trabalho perdem eficiência, o que acarreta em protótipos de baixa qualidade e também em retrabalhos quanto não são atingidas as metas. O controle de temperatura e humidade pode ser realizado com um ar-condicionado e medidores destas grandezas de forma simples, para que não haja grandes variações na impressão devido a época do ano (sazonalidade) ou horário.

Palavras-chave


Protótipo; Aprendizagem em Corte Laser; Impressão 3D



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC