Avaliação da toxicidade do Fenol em embriões de peixes da espécie Danio rerio

Natieli Boeira Fernandes, Letícia Sebem

Resumo


As análises dos riscos de substâncias genotóxicas podem ajudar na indicação de efeitos ao meio ambiente. Os fenóis são reconhecidos como poluentes prioritários, são substâncias tóxicas, que podem ser introduzidas nas águas dos rios através das emissões de efluentes industriais, conferem problemas de gosto e odor em águas potáveis e peixes. O uso de embriões de Danio rerio como modelo de ensaio toxicológico, permite avaliar a interação entre os organismos vivos e os contaminantes ambientais.

O objetivo deste trabalho é avaliar os efeitos do Fenol sobre os embriões de paulistinha (Danio rerio). Os testes serão realizados no Laboratório do Aquífero Guarani, da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC), baseados no protocolo do teste FET (Fish Embryo Toxixity Test) com 120 embriões pré-selecionados. Os ovos serão coletados cerca de 30 minutos após a fertilização e, em um prazo não superior a três horas, expostos às concentrações-teste. Os embriões serão distribuídos individualmente em placas de poliestireno não estéril de 24 poços, contendo a solução-teste e os ensaios, conduzidos em triplicata. Os embriões serão observados diariamente com o auxílio de uma lupa comparando-se com um grupo controle não exposto, com duração de 96 horas. Segundo o protocolo do teste FET, quatro endpoints devem ser avaliados como indicadores de letalidade aguda em peixe: 1) coagulação dos ovos; 2) ausência da formação de somitos; 3) falta de separação entre a cauda e o saco vitelínico e a ausência de batimentos cardíacos.

Os dados de mortalidade obtidos nos testes individuais em 96 horas de exposição serão lançados na planilha ToxCalc (desenvolvida no software Microsoft Excel, pelo Prof. Dr. António Nogueira, Universidade de Aveiro, Portugal). A concentração mais alta deve resultar preferencialmente em 100% de mortalidade e, a mais baixa, deve fornecer efeito não observado.

Os resultados obtidos com este trabalho visam demonstrar a adequação do Danio rerio para estudos do efeito do fenol em ambientes aquáticos, e assim propiciar estudos que contribuam para diminuição dos riscos de contaminação das águas e de intoxicações em seres vivos.

Palavras-chave


Água de rios; Contaminação ambiental; Toxicidade e Bioindicadores.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC