Solidificar a teoria em campo de estágio

Audrilara Arruda Rodrigues Campos, Luciana Fátima da Silva, Andreia Aparecida Freitas

Resumo


Este relato tem por objetivo demostrar a experiência vivenciada em campo de estagio curricular obrigatória, materializar a pratica em acompanhamento com o profissional do serviço social atuante no’’ chamado terceiro setor’ CASA DE APOIO A PESSOAS COM CÂNCER MARIA TEREZA LAGES,SC’ no período de março a outubro de 2014 .Foram-nos oportunizadas visitas domiciliares e acompanhamento com os usuários de Lages e região atendidos pela Casa de Apoio a Pessoas com Câncer Maria Tereza onde foi proporcionadas palestras de prevenção contra o câncer, com psicólogos enfermeiros, médicos e nutricionistas, e na área jurídica com o objetivo de orientação. Observar e acompanhar o trabalho do Serviço Social, através dos atendimentos realizados compreender a importância e Vivenciar experiências identificar a percepção do Assistente Social neste ambiente. Ao observar o grupo de convivência dos usuários identifica-se a importância deste espaço para troca de experiência e convivência com outras pessoas que se encontram em tratamento oncológico neste contexto torna-se o foco principal o fortalecimento do vinculo familiar Uma grande contribuição do profissional em um espaço onde o assistente social pode desenvolver projetos executar programas e atuar na garantia dos diretos atuando juntamente com o trabalho em rede buscando novas parcerias e formas, trazendo um olhar profissional aos acadêmicos do Serviço Social na busca da materialização e efetividade da profissão nestes espaços, esta experiência contribuiu para formação enquanto profissional do Serviço Social, qualificação e conhecimento, este método nos forneceu a oportunidade de vivenciar as praticas diárias do Assistente Social, conviver com os usuários portadores de câncer, conhecer de perto a realidade, as fragilidades dospacientee seus familiares durante o tratamento oncológico.A importância dos laços familiares è fundamental para a recuperação do mesmo, onde por diversas vezes nos questionamos até que ponto os diretos estão sendo garantidos? Vivenciamos direitos básicos não sendo efetivados.Identificaràs expressões a questão social, refletir e solidificar na realidade o nosso papel enquanto profissional atuante, com competência para garantir acessibilidade a todos, Onde também nos fortalece enquanto profissional pela pratica e qualificação dos aportes teóricos da profissão teóricos metodológicos e ético politico.

Palavras-chave


Serviço Social, Família, Saúde, Teoria e Prática



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC