O Desenvolvimento Socioeconômico De Um Município De Médio Porte De Santa Catarina

Karolyne Magno, henrique boell pimentel, Lilia Aparecida Kanan

Resumo


O Núcleo da Mulher Empreendedora (NME) da Associação Empresarial de um município de médio porte de Santa Catarina percebeu a necessidade de apreender e interpretar melhor o processo pelo qual o município passou e vem passando na contemporaneidade em relação ao seu desenvolvimento socioeconômico.

Para o estudo, formulou-se a seguinte hipótese teórica de pesquisa: a população conceitua negativamente o desenvolvimento socioeconômico da região; e o empreendedorismo e o desenvolvimento sustentável da região são impactados pela descrença dos munícipes na capacidade de superação do modelo do agronegócio.

Para nortear a pesquisa, foi formulada a seguinte questão: como a população do município conceitua o desenvolvimento socioeconômico da região e quais as sugestões para a melhora do empreendedorismo e desenvolvimento sustentável?

A relevância desta pesquisa está na possibilidade de entendimento do momento pelo qual o município está passando, e justifica-se pela importância de conhecer a opinião da população a respeito de qual perspectiva de desenvolvimento socioeconômico poderá ser a mola propulsora das diversas esferas produtivas da cidade, tanto no espaço urbano, quanto no seu entorno, constituído de economias de agricultura familiar e do agronegócio.

Identificar como a população conceitua o desenvolvimento socioeconômico da região e quais as sugestões para alavancar o empreendedorismo e desenvolvimento sustentável da mesma. Entender qual a vocação socioeconômica do município na atualidade; verificar a percepção que os munícipes têm em relação à perspectiva de desenvolvimento da cidade; compreender o espírito empreendedor do povo daquela cidade.

Do ponto de vista da sua natureza, o estudo é considerado uma pesquisa aplicada, pois objetiva-se gerar conhecimentos para aplicação prática e dirigidos à solução de problemas específicos (SILVA e MENEZES, 2005).

A forma de abordagem do problema desta pesquisa assume o caráter qualitativo e quantitativo. Quantitativo, pois pretende-se traduzir em números opiniões e informações para após classificá-las e analisá-las.; irá requerer o uso de recursos e de técnicas estatísticas (SILVA E MENEZES, 2005). Qualitativo, pois tratará da realidade em uma condição que não pode ser calculada, que trabalhará com significados, valores e crenças das atitudes dos seres humanos. Minayo (2004)

Considerados os objetivos a pesquisa se caracteriza como descritiva, pois irá descrever as características de determinada população ou fenômeno e estabelecer relações entre variáveis. Envolverá o uso de questionário (SILVA e MENEZES, 2005).

No que diz respeito aos procedimentos técnicos o estudo se caracteriza como um levantamento.

Os participantes serão cerca de 2000 pessoas incluídas em uma das seguintes categorias: representantes e integrantes de associação de moradores, empresários, representantes e integrantes de sindicatos, representantes e integrantes de grupos religiosos, representantes e integrantes de conselhos municipais, representantes e integrantes de conselhos de classe, representantes e integrantes das Secretarias Municipais, representantes e integrantes de universidades existentes no município. O instrumento de coleta de dados será enviado via e-mail aos participantes.

Define-se para a análise de dados quantitativos a utilização do software Statistical Package for the Social Sciences – SPSS.

Serão respeitadas as citações referentes aos preceitos éticos conforme resolução nº 466/2012 que trata da pesquisa envolvendo Seres Humanos.

Palavras-chave


desenvolvimento socioeconômico; Lages; desenvolvimento sustentável;



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC