Educação Permanente de Suporte Básico de Vida em Escolas Públicas e Particulares de Lages

Artur Carsten Amaral, Francisco Antonio Santos Grazziotin, Alexandre Zimmerman de Souza, Hafiza Makki, João Pedro Gaio Meireles Rosado, Camila Antunes Baccin

Resumo


O presente projeto de extensão tem como objetivo o ensino de Suporte Básico de Vida (primeiros socorros) em escolas públicas e particulares de Lages, de modo a tornar seus participantes propagadores do conhecimento e capazes de prestar os cuidados básicos iniciais ao traumatizado. O público-alvo são jovens de 15 a 19 anos do Ensino Médio, seus professores responsáveis e comunidade geral da instituição participante. As atividades em campo consistem em dois momentos: (1) aula teórica de 02 horas, ministrada pelos autores do projeto em linguagem simples e em modelo interativo, que ressalta exemplos comuns do dia-a-dia e aplicações na vida cotidiana e (2) aula prática de 02 horas, quando os alunos tem a oportunidade de treinar manobras de ressuscitação cardiopulmonar e de desobstrução das vias áreas por objeto estranho, sob supervisão dos autores do projeto. As instituições participantes são Colégio Bom Jesus Diocesano, Curso e Colégio Energia, Colégio Santa Rosa de Lima, E. E. B. Industrial de Lages, E. E. B. Belisário Ramos e E. E. B. Vidal Ramos Jr. O número estimado de participantes atendidos diretamente é de cerca de 2.000. O projeto de extensão foi construído com base nas mais recentes diretrizes e protocolos de Suporte Básico de Vida e Atendimento Pré-Hospitalar ao Traumatizado, sobretudo visando a necessidade de promover medidas de prevenção ao trauma, controle de danos e atendimento imediato por socorristas leigos à vítima de trauma ou doença repentina. A matriz de conteúdos contemplados inclui procedimentos básicos para verificação de sinais vitais, reconhecimento de emergências cardiovasculares, ressuscitação cardiopulmonar, obstrução de vias áreas por corpos estranhos, queimaduras e choques elétricos, afogamentos, acidentes com animais peçonhentos, hemorragias, fraturas, convulsões e intoxicação. Ressalta-se que um dos principais focos deste projeto é a orientação a respeito do que pode e, principalmente, do que não pode ser feito em situações de emergência que exigem ações rápidas, de modo a evitar condutas equivocadas e danosas à vida. O projeto conta com apoio logístico da Fundação UNIPLAC, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria de Estado da Saúde, SAMU 192 e PET Rede Urgência/Emergência.

Palavras-chave


Suporte básico de vida; Educação em saúde; Acidentes



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC