Inclusão escolar: método de ensino e aprendizagem.

Mariana Schmitz, Jeane Roveda Padilha, Vania Schuller, MARCELA MARLY DIETRICH

Resumo


Deseja – se uma educação inclusiva que faça uma mudança nos planos traçados pelos professores/escolas, reconhecer a diversidade existente entre os alunos de uma classe, determinando que eles recebam uma educação de acordo com suas características, uma vez que incrementa as possibilidades de aprendizagens para todos (Daniels y Garner, 1999, Stainback & Stainback y Moravec, 1999). A partir dessa premissa, questiona-se: A escola está preparada para incluir pessoas com necessidades especiais? Com a inclusão ocorre aprendizagem? O professor está preparado para a inclusão? Como será o planejamento, A infraestrutura da escola em relação a educação inclusiva? O desempenho dos docentes em sala de aula é decisivo tanto para o desenvolvimento dos alunos com necessidades especiais, quanto para a condição das relações que serão formadas com os colegas de turma. Nesse sentido, a compreensão do docente sobre os vários pontos específicos no processo de inclusão escolar de alunos com necessidades especiais, precisa ser investigada. Sendo assim, esta pesquisa desenvolvida na disciplina de Pesquisa e Prática Pedagógica. A partir desta investigação, desenvolver ações para a apreensão da forma como essa inclusão é realizada nas escolas, na perspectiva de possibilitar alterações necessárias para o seu aprimoramento. Os dados e as divulgações das necessidades, facilidades e dificuldades encontradas pelos docentes no trabalho com alunos com necessidades especiais no sistema regular de ensino poderá possibilitar a reestruturação das condições de trabalho e das características das organizações escolares, promovendo a prática de uma educação inclusiva, de fato. O Objetivo geral é colaborar de forma que promova a aprendizagem e o desenvolvimento pessoal para que cada um se construa como um ser completo, ou seja, precisa estar preparada para uma educação inclusiva. Quanto aos objetivos específicos: verificar quais são as maiores dificuldades que a escola, funcionários e professores da rede regular de ensino encontram ao trabalhar com alunos que apresentam necessidades especiais, conhecer características e necessidades decorrentes das diversas deficiências, identificar os critérios de avaliação e como se dá o relacionamento entre a escola, os pais e os alunos, verificar como se dá abordagem de inclusão escolar, analisar as dificuldades que os alunos têm ao estudar a Língua Portuguesa e a Língua Estrangeira. A metodologia da pesquisa será de caráter exploratória. Os sujeitos da pesquisa serão os Diretores, professores, alunos, pais das escolas que possuem alunos com necessidade especiais dos municípios de Bom Retiro e Urubici-SC. O período escolar delimitado é ensino fundamental e médio. Os dados serão coletados através de: entrevista estruturada, observação participante, questionário. A análise dos dados se dará a partir da abordagem quanti/qualitativa (Nardi ,2007) (Santos, 2001, p.26) . Como a referida pesquisa está em andamento, não há dados concretos a serem apresentados, no entanto, esperamos ainda no processo aprimorar o conhecimento na área da Educação Especial e tentar apontar para possíveis problemas em relação ao acesso e a permanência de alunos com necessidades especiais nas escolas regulares do Município de Bom Retiro-SC e Urubici-SC.

Palavras-chave


Inclusão Escolar ; Necessidades Especiais ; Educação ; Ensino Regular



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC