O Lúdico no ensino de Língua Portuguesa

Talyta Roberta Bison, Rosely Zanatta

Resumo


O brincar é a principal atividade da criança, pois por meio dele ela interage com o mundo, com os outros e consigo mesma. A relação brincadeiras–aprendizagem encontra-se desacreditada, pois muitos associam o brincar a um desgaste de energia, falta do que fazer. Ao tratar da prática de ensino de Língua Portuguesa desenvolvida pelo professor, percebe-se que este se torna refém da concepção de que a gramática é o objeto principal de estudo da língua e, que caso haja tentativa de modificações nesse sistema, a posição dos pais, alunos e dos próprios professores tende à rejeição dessa nova proposta, caso esta esteja desvinculada do modelo tradicional de ensino de língua.

Esta pesquisa indaga: de que forma as brincadeiras e jogos podem contribuir para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças nas aulas de Língua Portuguesa? Tem como Objetivo Geral investigar as possibilidades do Lúdico no Ensino de Língua Portuguesa para contribuição no desenvolvimento cognitivo das crianças no Ensino Fundamental. E os Objetivos Específicos: Reconhecer como as brincadeiras e jogos podem proporcionar a aprendizagem das crianças; Avaliar de que forma o brincar contribui para a socialização e a construção de regras; Identificar o papel do professor como articulador das brincadeiras e jogos no processo de aprendizagem; Apresentar o lúdico como ferramenta para o aprendizado da Língua Portuguesa. Esta Pesquisa assume características do tipo exploratória. Os sujeitos da pesquisa serão compostos por alunos e alunas regularmente matriculados no Ensino Fundamental em uma escola particular localizada no município de Urubici/SC. Também comporão esse grupo os respectivos professores de Língua Portuguesa dos referidos alunos. As técnicas pretendidas para a coleta de dados serão: Entrevista não-estruturada com os professores, questionário para os alunos e observação de alunos e professores. Os dados serão analisados de forma quanti/qualitativa. A referida pesquisa está em andamento. Esperamos proporcionar um conhecimento maior sobre o assunto, esclarecendo que a brincadeira não é apenas divertimento, mas aprendizagem. Assim, professores poderão propiciar as brincadeiras em sala de aula, levando as crianças a aprender de forma alegre e divertida, possibilitando o desenvolvimento da mesma em todas as suas potencialidades.

Palavras-chave


Lúdico; Língua Portuguesa; Aprendizagem



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC