NÚCLEO DE AGENTES FACILITADORES DO EMAJ – N A F E

Aline Elise Debiazi Vargas Longo, Ana Mirian Ziliotto Viero, Tomaz de Aquino Córdova e Sá Filho, Sirlane de Fátima Melo, Aron Cesar Pereira, Gualberto Francisco de Matos Junior, Ariane Machado Basquerote, Celio de Oliveira

Resumo


ATIVIDADE DE EXTENSÃO

A partir da constatação de que inúmeros atendimentos realizados pelo Escritório Modelo de Assistência Jurídica – EMAJ do Curso de Direito da UNIPLAC, tanto na via administrativa quanto judicial, apresentam pendência de solução, por conta de dificuldade de contato e/ou localização dos beneficiários da assistência jurídica, é que nesceu a ideia de criar o Núcleo de Agentes Facilitadores, o que ocorreu com a aprovação do Projeto de Extensão aprovado no Edital 044/12. Desde então, o agente facilitador funciona como um elo entre o EMAJ e a população atendida e, ao mesmo tempo, uma ponte entre o problema e a solução, pois em muitas situações, o resultado prático almejado, depende de informação ou anuência do cliente que por vezes troca de endereço ou telefone fornecido quando do cadastro no EMAJ, deixando de atualizá-lo, o que impede novos contatos. A atuação do NAFE, representa, por isso, um canal de acesso do EMAJ com a clientela para o deslinde do problema. O que exige, por parte dos Professores e Bolsistas envolvidos, comprometimento ético-profissional, elementar a qualquer atividade envolvendo seres humanos, como também aproveitamento da bagagem jurídica advinda da graduação do Curso de Direito. Ademais a deontologia do operador do direito é uma ferramenta útil como guia de orientação do comportamento ético a ter no trabalho, mas também essencial quando se pretende honrar a atividade profissional. O objetivo vem sendo alcançado, otimizando sobremaneira a prestação do serviço de assistência jurídica prestado pelo EMAJ, suprindo a necessidade a partir da pesquisa e busca efetiva do cliente em seu meio. A metodologia escolhida é a participativa que faz com que os sujeitos envolvidos estejam articulados e responsabilizados através da produção de conhecimento, para atingir as resoluções possíveis dos problemas. Para tanto, necessária articulação entre os aspectos investigativos, educativos, comunicativos e organizativos, interando conhecimento, informação e ação. Portanto, os resultados inicialmente esperados, vem sendo alcançados, vez que: Otimizada a prestação do serviço de assistência jurídica nos casos atendidos pelo EMAJ, especialmente quando há dificuldade de contato com as partes envolvidas; Efetivada a aproximação do EMAJ à população atendida; Viabilizada a solução aos conflitos de forma mais célere.

Palavras-chave


Agentes Facilitadores; EMAJ; Assistência Jurídica.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC