PROJETO INFÂNCIA SAUDÃVEL

Aline Souza Amaral, Ana Paula da Sillva, Mirian Kuhnen, Bianca Camargo da Silva, Camila Souza Amaral, Juliana Bastos Omura, Camila Tomé Pires, Carolina Franciele Tonin, Daniele Caroline Heusser, Everley Rosane Goetz, Gisele Del Castanhel, Helena Cristina da Silva, Luciana Mendes da Silva, Miryan Fátima Silva, Néria Barbosa Dias, Nicoli Fertig

Resumo


O projeto de extensão foi elaborado pela Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade – RMSFC, e foi aprovado com recursos financeiros para sua execução pela Fundação UNIPLAC. A obesidade infantil vem aumentando significativamente e determinando diversas complicações biopsicossociais que surgem tanto na infância, como na idade adulta. Porém, na infância, o manejo pode ser ainda mais difícil, pois envolve mudanças de hábitos das crianças e também disponibilidade dos pais (MELLO et al., 2004). O aumento de peso nesta faixa etária pode ser por consequência de poucas atividades físicas que as crianças têm desenvolvido durante essa fase da vida. Atualmente o foco são os jogos eletrônicos e o consumo de alimentos com alto teor calórico que são fatores que influenciam no ganho de peso. O projeto tem como objetivo possibilitar aos participantes do grupo eliminar peso de maneira saudável, bem como promover uma reeducação alimentar e mudanças de hábitos com a finalidade de melhoria na qualidade de vida no que diz respeito à saúde física, mental e social. Pretende-se alcançar este objetivo através do estímulo à prática de exercícios físicos, sensibilização das crianças à alimentação saudável, abordagens psicológicas relacionadas à obesidade/sobrepeso e promoção de maior gasto energético a partir do resgate de brincadeiras infantis. Participam do grupo aproximadamente 15 crianças obesas ou com sobrepeso, entre 06 e 10 anos de idade que frequentam uma escola municipal. As atividades visam abordar os aspectos biopsicossociais da obesidade, acompanhamento e orientações nutricionais para os pais e as crianças bem como o resgate das brincadeiras infantis que envolvem gasto de energia. O projeto é desenvolvido por equipe multiprofissional composta pelas seguintes categorias: enfermagem, psicologia, odontologia, serviço social e nutrição. Como resultado parcial do projeto, identificamos a participação efetiva das crianças nas atividades propostas, bem como o envolvimento e comprometimento dos pais ou responsáveis para o alcance dos objetivos.

Palavras-chave


infância, obesidade, sobrepeso, qualidade de vida.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC