Fibrose Pulmonar Idiopática

Adrian Frozi Filho

Resumo


Este estudo é um relato de experiência derivado do estágio curricular supervisionado do 6° ano do curso de medicina da Universidade do Planalto Catarinense – UNIPLAC, realizado durante os meses de abril e maio de 2013. Foi desenvolvido na área de medicina interna e pneumologia em uma instituição hospitalar localizada no município de Lages – SC. A medicina é uma profissão que incorpora a ciência e o método científico à arte de ser médico. A reinserção do clínico no sistema de atendimento da saúde, além das vantagens quanto à humanização das práticas médicas, tornou-se uma necessidade do próprio mercado de trabalho. Este relato teve como objetivo geral, observar e acompanhar os residentes e uma gama de pacientes no setor de clínica médica e pneumologia, visando ampliar conhecimentos na referida área. Os internamentos hospitalares devidos às queixas respiratórias são frequentes e geram preocupações aos pacientes quando presentes alguns sintomas, destacando-se a dispneia devido ao desconforto respiratório e a ansiedade gerados por este sintoma. Como estratégias de aprendizagem, destaca-se que, durante o período de estágio curricular supervisionado, vivenciou-se o atendimento de pacientes internados com diagnóstico prévio de fibrose pulmonar idiopática. As queixas mais comuns que geraram as internações desses pacientes eram de complicações como dispneia, tosse persistente, ambas causando desconforto e incômodo a qualidade de vida do paciente, além de fadiga associada à diminuição da saturação de oxigênio e descompensações infecciosas. O estágio foi desenvolvido em enfermarias de clínica médica e o quadro clínico que se apresentaram os enfermos acompanhados era semelhante ao descrito pela literatura atual. Neste sentido, foi elaborada uma revisão bibliográfica referente à fibrose pulmonar idiopática, a qual se encontra entre uma das doenças pulmonares intersticiais mais frequentes. Conclui-se que, a realização desse estágio nas áreas da medicina interna e pneumologia, possibilitando a vivencia junto aos pacientes, foi de grande valia para a ampliação dos conhecimentos não só na prática, como também na base teórica, considerando os aspectos da semiologia, anatomia, fisiopatologia, tomadas de decisões e condutas adequadas a cada caso.

Palavras-chave


Médica, Pneumologia, Fibrose Pulmonar Idiopática



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC