Doença Neurológica: Síndrome de Arnold Chiari

Bruno Lunardi

Resumo


O presente estudo trata de uma revisão de literatura relativa à Síndrome de Arnold Chiari tipo I e tem o objetivo de apresentar as características clínicas dessa doença neurológica. O tema surgiu a partir de uma experiência prática desenvolvida na Unidade Educacional Eletivo do curso de medicina, onde foi acompanhada a cirurgia de descompressão medular de uma paciente que apresentava quadro clínico compatível com a síndrome de Arnold Chiari tipo I. Os dados foram obtidos através de revisão bibliográfica de artigos, livros e manuais publicados no período de 1998 a 2011. A síndrome de Arnold Chiari consiste em uma anomalia do cérebro posterior, caracterizada por um alongamento descendente do tronco cerebral e cerebelo até a parte cervical da medula espinal. Foi descrita originalmente por Arnold em 1894 e Chiari em 1895, sendo classificado em quatro tipos. O tipo 1 se apresenta com protrusão caudal das tonsilas cerebelares no canal espinhal cervical, raramente visto abaixo de C2, podendo associar-se com hidrocefalia, mas nunca com mielomeningocele. Sua prevalência é difícil de definir, pois existem muitos casos assintomáticos, o que torna escassa a informação epidemiológica. Os sintomas iniciais podem ocorrer na infância, mas na maioria dos casos os sintomas aparecem entre 30-50 anos de idade. É encontrada com mais frequência em mulheres, acompanhadas de manifestações motoras, sensoriais e autonômicas como cefaleia occipital, atrofia muscular e parestesia das extremidades superiores, que se agravam pela flexão e extensão cervical e pela tosse. As opções terapêuticas incluem tratamento clínico sintomático com fisioterapia ou intervenção cirúrgica. Pacientes assintomáticos sem siringomielia são acompanhados clinicamente, principalmente através de ressonância magnética. Sintomas significativos ou progressivos pedem tratamento cirúrgico que consiste na descompressão da fossa posterior da medula. Conclui-se que tal patologia é de grande interesse clínico neurológico devido à dificuldade diagnóstica, pois mimetiza outras condições em que patologias cerebelares estão envolvidas.

Palavras-chave


Descritores: Síndrome Arnold Chiari 1. Neurocirurgia. Medicina.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC