As aulas de Educação Física; Implicações para qualificar a prática pedagógica

Chrystian Renato Mariano, Samir de Sá, Andrey Palhano, Thiago Souza Varela, Oliveira Macha Fernandes Junior

Resumo


Há tempos as aulas de Educação Física têm sofrido com o aumento do desinteresse dos alunos e consequentemente na participação efetiva dos mesmos nas aulas, embora, ainda, se constitua em uma disciplina que muitos apreciam por ser importante no currículo escolar. Leva-se em consideração que nessas aulas as crianças expressam seus movimentos, socializam com seus colegas de sala, se desenvolve em vários aspectos como o motor, o cognitivo, o afetivo, enfim na sua totalidade, além de reconhecer a importância das atividades físicas para a saúde. Abordamos nesse trabalho a educação Física Escolar, como ela vem sendo apresentada no âmbito escolar, assim, em primeiro momento, trabalhamos com a história da Educação Física no Brasil e seus períodos (Brasil Colônia, Império, República e Contemporâneo), posteriormente, procuramos compreender as metodologias de ensino atualmente utilizadas (Psicomotricidade, Desenvolvimentista, Construtivista, Jogos cooperativos, Ensino aberto, Crítico Superadora, Crítico Emancipatória e Saúde renovada) e os Parâmetros Curriculares Nacionais e Estaduais para obtermos uma base de sustentação/apoio para facilitar o trabalho docente. Diante disso, pesquisamos como e de que forma os aspectos como estrutura física e Materiais didáticos podem interferir na qualidade das aulas de Educação Física. Assim, o intuito desta pesquisa foi identificar quais os fatores que influenciam a desmotivação dos adolescentes no que tange a participação dos mesmos, nas aulas de educação física. O principal questionamento colocado foi: quais os principais fatores que contribuem para o distanciamento dos alunos da/na disciplina? Em que ponto os aspectos relacionados à falta de estrutura física e materiais influenciam a qualidade das aulas de Educação Física na escola? Podemos citar como contribuidores para o desinteresse dos mesmos, aspectos como a falta de estrutura, materiais escolares, a influencia da tecnologia (celulares, computadores, MP4, etc.), além de outras situações que são condicionantes para o distanciamento dos alunos à disciplina como, a metodologia de ensino, o modo de como os conteúdos propostos são aplicados, relacionamento professor-aluno, além de outros, que ocorrem com menos frequência, mas que também são fatores importantes. Até que ponto esses problemas interferem na qualidade da aula e na prática pedagógica do professor de Educação Física.

Palavras-chave


Educação Física; implicações qualitativas; âmbito escolar



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC