Estudo Epidemiológico de Pacientes Queimados Admitidos na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital Tereza Ramos (HTR) - Lages/SC

Guilherme Felipe Staudt, Marli Adelina de Souza

Resumo


Introdução: As queimaduras teciduais representam grande problema de Saúde Pública, com prejuízos funcionais, psicológicos e estéticos aos pacientes, além do grande ônus financeiro global. Os traumas por queimadura são de grande morbidade e mortalidade e necessitam cada vez mais de estudos técnicos para o entendimento das causas, a fim de estruturar as estratégias de combate a esse agravo. Objetivos: Traçar um perfil epidemiológico dos pacientes admitidos na Unidade de Tratamento de Queimaduras do Hospital Teresa Ramos (HTR) em Lages – SC. Metodologia: Estudo de corte transversal com dados obtidos através de aplicação de questionário estruturado em uma população de 14 pacientes maiores de 18 anos, internados na Unidade de Tratamento de Queimaduras – HTR, no período compreendido entre junho de 2012 a fevereiro de 2013. Resultados: Da amostra analisada nesse período, 85,7% foi composta por pacientes do sexo masculino. A faixa etária com maior número de pacientes foi de 20 a 29 anos e a idade média da amostra foi de 31,21 anos. A maioria das queimaduras ocorreu em ambiente domiciliar (42,9%) e o fogo foi o agente etiológico mais freqüente (21,4%). Em relação ao evento desencadeante da lesão, as queimaduras acidentais somaram 85,7% dos casos. Verificou-se que a superfície corporal média queimada foi de 25,5%. Quanto à profundidade, as lesões de 1º e 2º graus associadas e de 2º e 3º graus associadas foram as mais freqüentes, totalizando 57% . O tempo médio de internação foi de 27,5 dias e 50% dos pacientes queimados foram admitidos na unidade em até 24 horas após o acidente. Conclusão: O estudo epidemiológico mostrou correspondência em relação ao perfil traçado em outros Centros de Tratamento, ressaltando a urgência de políticas públicas eficientes a fim de educar e conscientizar a população sobre a importância de procurar um Centro de Tratamento na ocorrência de acidentes que causem queimaduras e coibir a distribuição indiscriminada de comburentes líquidos.

Palavras-chave


Queimaduras; Unidades de Queimados; Prevenção de Acidentes; Epidemiologia



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC