HISTÓRIA DAS INSTITUIÇÕES ESCOLARES E JORNADA ESCOLAR: O CENTRO DE ATENÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE (CAIC) NOSSA SENHORA DOS PRAZERES DE LAGES (SC) E A ORGANIZAÇÃO DOS TEMPOS NA ESCOLA (1992-2012)

Rosiane de Fátima Pereira Dutra, Maria de Lourdes Pinto de Almeida

Resumo


O presente texto refere-se a uma pesquisa científica em andamento realizada através do Curso de Mestrado Acadêmico em Educação da UNIPLAC que tem por objeto o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC) Nossa Senhora dos Prazeres da cidade Lages, Santa Catarina. A pesquisa se insere no campo temático da história das instituições escolares. O objetivo é analisar em que medida na história da instituição os programas e projetos que ampliaram os tempos de permanência dos estudantes na escola contribuíram na ampliação das oportunidades de aprendizagens a partir do parecer de gestores e professores. O estudo em desenvolvimento pretende elencar questões contextuais da década de 1990, as relações entre o centro e a escola mediante a estrutura organizacional e conceitual da instituição CIAC, apresentada no “Projeto Minha Gente†do Governo Fernando Collor de Mello (1990-1992). Também historiar os programas e projetos que ampliaram a jornada escolar na unidade, trazendo contribuições para pensar a escola pública em tempo integral mediante as indicações das pautas públicas para educação escolar, instituídas principalmente a partir dos últimos anos da primeira década de 2000. Fundamenta-se na concepção histórico-crítica, possui um caráter qualitativo, bibliográfico, documental e incluirá pesquisa empírica com aplicação de questionário seguido de entrevista com a participação de gestores da Escola e professores dos anos/séries iniciais do 1.º Grau/Ensino fundamental/Ciclos de Formação. O Centro desde o início funcionou com os Programas e Subprogramas da Proposta de Origem, entre eles, um Programa Escolar do qual originou a Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Nossa Senhora dos Prazeres, que vivenciou práticas diferenciadas quanto à organização do tempo escolar no período demarcado na pesquisa, entre 1992 a 2012. Por dez anos o Programa Escolar/Escola funcionou em tempo integral através de ações integradoras com outros Programas do Centro, permanecendo organizado por turnos no período subsequente. Passou oferecer atividades de contraturno, às quais, a partir do ano de 2011, somaram-se ao “Programa Mais Educação†do Ministério da Educação (MEC) que trouxe a proposta de ampliação da jornada escolar para a unidade. Ao reconstruirmos a sua história tomamos um direcionamento para pensar o seu espaço educacional formal, mas na relação com outros programas do Centro, com a Proposta de Origem, com questões da conjuntura social, econômica, política e educacional, compreendendo que desenvolver um trabalho sobre a história de uma instituição escolar toma sentido quando tratada nas relações contextuais. Embora, esteja em processo, o que propomos produzir através da pesquisa, levantamos algumas considerações, pois, pensar a história do CIAC/CAIC conduz a ponderar que por mais questionáveis que sejam as políticas educacionais, elas chegam ao terreno da escola causando alterações estruturais. Não interpretadas, tampouco vivenciadas de uma mesma forma, no âmbito dos sistemas locais, na amplitude nacional, transcrevem um embate entre o idealizado e o instituído.

Palavras-chave


educação; jornada escolar; história das instituições escolares.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC